Luísa Sonza revela sentir vergonha de falar com pais sobre bissexualidade

·1 min de leitura
Luísa Sonza no Altas Horas (Reprodução Globo)
Luísa Sonza no Altas Horas (Reprodução Globo)

Luísa Sonza falou sobre sua bissexualidade no "Altas Horas" e confessou que até hoje tem vergonha de abordar o assunto em conversas com sua família. A cantora revelou ser LGBTQIA+ em 2021, e na época comentou que só se sentiu verdadeiramente livre ao superar os tabus sobre o assunto.

Questionada por um fã sobre a reação dos pais quando contou que é bissexual, Luísa explicou que só teve uma conversa direta sobre o assunto. "Eu fui vivendo a minha vida e só falei pros meus pais quando falei pra vocês. Quando eu falei sobre me sentir uma mulher livre, de ter me relacionado com homem e mulher, eu já estava muito segura de mim. Só que ainda assim, morrendo de vergonha dos meus pais. Ainda sinto vergonha na real, até porque é considerado tabu. Não só a bissexualidade, como mulher falar sobre sexualidade. Minha mãe achava que eu era lésbica e que todos os meus namoros eram de fachada. Meu pai só falou um dia, vamos ver se teremos genro, nora... e eu concordei. Essa foi a conversa que tive", relatou.

Recentemente, Luísa falou que recebeu muitas mensagens dos fãs após falar abertamente sobre o assunto. "Quando falei sobre a minha sexualidade no clipe [de 'Tentação', em que beija Carol Biazin], recebi muitas mensagens de meninas que contavam histórias muito parecidas com a minha. Hoje, preciso dizer: se aceite, porque essa é a coisa mais libertadora e incrível do mundo", disse Luísa, que se assumiu bi em maio, ao lançar o vídeo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos