Luisa Sonza diz que gostaria de conversar com Bolsonaro, mas falta paciência

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Jair Bolsonaro
    38.º presidente do Brasil
Cantora gostaria de debater com o presidente (Foto: Brazil News e Divulgação)
Cantora gostaria de debater com o presidente (Foto: Brazil News e Divulgação)

Luisa Sonza sempre se posicionou contra o presidente Jair Bolsonaro (PL). De um tempo para cá, no entanto, a paciência da cantora com o líder do executivo está ainda menor. Após Bolsonaro atacar Ivete Sangalo, a loira saiu em defesa da artista e revelou o desejo de rebater o presidente com argumentos.

"Queria muito conversar normal e rebater com argumentos, mas eu sinto tanta raiva que só tenho vontade de xingar essa desgraça", disse ela, que em seguida mandou Bolsonaro "ir à merda". 

Os comentários de Sonza foram feitos em publicações sobre a treta de Ivete com o presidente. Quem também se manifestou foi Ingrid Guimarães. "Bossal. Até parece que Ivete precisa de lei. Esse é o sonho dele: que a gente precise dele para alguma coisa", disse a humorista.

Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram

Entenda a briga Ivete x Bolsonaro

A treta entre Ivete Sangalo e Jair Bolsonaro começou depois que ela incentivou e dançou enquanto o público do seu show fazia insultos ao presidente.

Em uma apresentação no Rio Grande do Norte, seus fãs começaram a gritar: “Ei Bolsonaro, vai tomar no cu”. Ela, então, incentivou os fãs: “Não ouvi. Tá baixinho”, disse, dançando durante os insultos. Na sequência, ela debochou: “[Ele] vai acabar escutando de tão alto que foi.”

Seguidores de Bolsonaro resolveram criticar a artista nas redes sociais. De férias no Sul do país, Jair não havia comentado o fato até esta quarta-feira (5). Durante a coletiva de imprensa que concedeu ao ter alta do hospital de luxo Vila Nova Star, em São Paulo, ele atacou a artista.

“Estamos mexendo na Lei Rouanet. Nós a queremos para atender aquele artista que está começando a carreira e não para figurões ou figuronas como a querida Ivete Sangalo. Ela está chateada porque acabou aquela 'teta' deles gorda de pegar até R$ 10 milhões por ano da LR e defender o presidente de plantão”, afirmou.

Segundo informações publicadas pelo colunista Guilherme Amado, do “Metrópoles”, e checadas pelo Yahoo! no VERSALIC, o Portal de Visualização do Sistema de Apoio às Leis de Incentivo à Cultura, a artista nunca apresentou projetos para o uso da Lei Rouanet na captação de recursos desde a criação da mesa. Isso significa que ela nunca foi beneficiada de nenhuma forma pela política de incentivo do Governo Federal.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos