Luisa Mell critica Juliette por novos pets e defende adoção: 'Devia dar exemplo'

*** FOTO DE ARQUIVO *** RIBEIRÃO PIRES, SP, 12.08.2022 - A ativista Luisa mell com o gatinho Tibério no instituto que leva seu nome. (Foto: Karime Xavier/Folhapress)
*** FOTO DE ARQUIVO *** RIBEIRÃO PIRES, SP, 12.08.2022 - A ativista Luisa mell com o gatinho Tibério no instituto que leva seu nome. (Foto: Karime Xavier/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Luisa Mell, 43, usou suas redes sociais neste sábado (3) para criticar a atitude da cantora e ex-BBB Juliette, 32, que se tornou tutora de dois cachorrinhos. A ativista pelo direito dos animais disse que ela poderia ter dado o exemplo adotando cães sem raça.

Os filhotes de Juliette, ainda sem nome, foram apresentados aos fãs no sábado através das redes sociais da cantora. Em um vídeo, ela mostrou o primeiro encontro com eles, em que chorou, e o momento em que trolou sua mãe afirmando que ela seria avó.

Luisa Mell então cobrou a ex-BBB para que usasse sua popularidade para conscientizar as pessoas e incentivar a adoção de cães sem raça. "Juliette sempre tão consciente, poderia dar exemplo na causa animal também", disse em um comentário no Instagram.

"Nem me venham com papo que ganhou", continuou. "Porque cachorro não se ganha também. Se for assim, estou dando para ela três vira-latinhas lindos", disse Mell, destacando haver mais de 30 milhões de cachorros abandonados no país.

"Não importa quantas vezes eu mostre a crueldade dos canis, não importa a quantidade de animais que sofrem esperando chance em abrigos. Só importa o desejo do ser humano, suas vontades, seus caprichos por estética que, além de tudo, é cruel com os animais."

Fãs de Juliette não gostaram das críticas à cantora e protestaram contra Luisa Mell nas redes sociais. "Pegou muito pesado, militância desnecessária", opinou uma internauta. "As pessoas são livres e podem escolher. Se pedisse ajuda de Juliette com os cachorros a que ela se refere, seria atendida", disse outro.

Diante das críticas, Luisa Mell fez uma série de vídeos em seus stories, onde mostrou sua história na defesa dos animais, com flagrantes de maus-tratos. "Há 20 anos eu era uma apresentadora de TV, quando fui fazer um programa sobre cachorros, nossos melhores amigos, e descobri que nós não somos os melhores amigos dos cachorros".

"Quando uma celebridade com essa relevância, essa importância, essa notoriedade no nosso país, faz um show desse na mídia, mostrando os cachorrinhos de raça que ganhou influencia milhões de pessoas a quererem essa raça, a darem valor a raça", afirmou, acrescentando que isso "condena milhões de animais a mais sofrimento".

Luisa finalizou falando que Juliette tem o direito de não se importar com a causa animal, de ter animais de raças, "mas eu também tenho o direito e acho que o dever de me manifestar, eu dedico minha vida a isso (...) Eu não me importo de ser popular, me importo em salvar os animais."