Ludmilla revela como lida com preconceito: 'Terapia'

·1 min de leitura
Ludmilla © Instagram credit:Bang Showbiz
Ludmilla © Instagram credit:Bang Showbiz

Ludmilla revelou como passou a lidar com comentários homofóbicos.

A cantora abriu o coração em uma entrevista exclusiva para a coluna do jornalista Léo Dias, e contou que apesar de ainda sofrer muito preconceito por sua orientação sexual, recorre à terapia e se mantém ocupada com a carreira para ignorar os ataques que recebe.

“Sofro muitos ataques. Perfis que me citam têm muito preconceito. Já abalou muito. Hoje não mais, pois comecei a me aprofundar no assunto, faço terapia, estou muito ocupada e não tenho tempo para me preocupar com isso. Mas já sofri muito e saí do Instagram por isso. Comecei a fazer terapia por conta dos comentários em rede social. Hoje ela é minha prioridade e faz tanta diferença".

A funkeira, que é casada com sua ex-bailarina Brunna Gonçalves, diz que hoje se sente mais à vontade em expor o seu relacionamento na internet.

"Sinto a leveza e o peso de ser uma mulher gay em um cenário musical brasileiro nos dias de hoje. Não sinto a necessidade de ficar fazendo textão, pois já é uma vivência minha. Sou casada com uma mulher, naturalmente vou postar ela ali no meu Instagram".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos