Ludmilla perde caso de racismo na Justiça e se revolta com novo processo

Ludmilla foi ao Twitter, na última quinta-feira (3), desabafar sobre uma sequência de ações racistas que vem sofrendo nos últimos meses. Além de relembrar processo que perdeu na Justiça, ela revelou que há uma nova ação contra ela, dessa vez emitida pelo seu antigo advogado.

Por fim, a voz de "TIC TAC" fez um apelo à Justiça Brasileira, exigindo que o julgamento e punição em casos explícitos de racismo sejam mais rápidas e eficazes. Afinal, não é a primeira vez e, infelizmente, não será a última que uma pessoa preta é descriminada pela cor da pele.

Confira tudo o que Ludmilla disse!

Ludmilla relembra perda em caso de racismo

A cantora foi às redes falar sobre caso, que tramitava na Justiça desde 2016. Na ocasião, uma senhora branca teria comparado o cabelo crespo de Ludmilla à bombril. "No ano passado saiu a decisão da justiça que obviamente não foi favorável pra mim. Sem novidade", afirmou.

Porém, ela foi além e deu novas atualizações do caso, incluindo um novo processo contra a própria Ludmilla: "Tive o desprazer de saber que, além de ter que arcar com as custas do advogado dela, estou sendo processada pelo advogado contratado pela minha antiga gestão, e, provavelmente, serei obrigada a pagar ele também", escreveu.

A cantora completou ainda, fazendo referência ao 20 de novembro: "Uma grande ironia, justo no mês da Consciência Negra. Não há o que celebrar".

"Um pedido de desespero", desabafa...

Leia +


Leia +

Luísa Sonza reconhece privilégio branco e revela o que fará com processo por racismo
Luísa Sonza adia turnê após polêmica de processo envolvendo racismo
Luísa Sonza pede desculpas por caso de racismo e alerta: "Não repitam o mesmo erro"