Ludmilla lembra processo contra Val Marchiori: 'Por ser rica, nada aconteceu'

Foto: Reprodução/Instagram (@ludmilla/@valmarchiori)

Ludmilla anda com a língua afiada nas redes sociais. Depois de rebater críticas de Luana Piovani, a cantora usou o Twitter, na noite desta terça-feira (17), para falar sobre o processo que move contra Val Marchiori por injúria racial desde 2016.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

A artista desenterrou o assunto depois que a socialite falou, em entrevista à Antônia Fontenelle, que Ludmilla não aceitou seu pedido de desculpas quando as duas se encontraram pessoalmente. Segundo Marchiori, Lud teria “virado as costas”.

Leia também:

Irritada, a cantora compartilhou uma matéria que reproduzia a entrevista da rival e confirmou a versão da loira. “É claro que virei as costas. Ela pediu pro marinheiro dela começar a filmar e me chamou. Quando eu estava indo, meus amigos me alertaram e voltei”, iniciou.

Logo na sequência, Lud garantiu que não se arrepende de não ter desculpado a loira. “Ainda bem que não fui. Desculpas com o telão ligado é mole”, criticou a funkeira, informando que o processo “não deu em nada”. “Por ela ser rica e cheia de privilégios, nada aconteceu. E ela debocha da situação em todo canto que vai até hoje”, lamentou a namorada de Brunna Gonçalves.

Foto: Reprodução/Twitter

Entenda o caso

Ludmilla processou Val Marchiori após a empresária afirmar na TV que o cabelo da cantora "parecia um Bombril". Em 2018, a Justiça condenou Val em primeira instância a indenizar a artista em R$ 10 mil, mas a socialite recorreu da decisão.

Na entrevista de Fontenelle, Val falou sobre o assunto. “(O caso) está ainda em processo, porque eu não concordo. Posso dar a minha opinião. Não xinguei a pessoa, não falei da índole nem da cor dela. Eu racista? Sou zero racista, tenho preconceito zero com ninguém. Se ela quer processar, tudo bem, é um direito dela. Mas é uma perda de tempo”, justificou.

Veja a entrevista completa: