Ludmilla é a primeira artista negra latina a bater 2 bilhões de streams no Spotify

Ludmilla em foto nas redes sociais. Foto: Reprodução/Instagram
Ludmilla em foto nas redes sociais. Foto: Reprodução/Instagram

Resumo da notícia:

  • Ludmilla é a primeira artista negra latina a bater 2 bilhões de streams no Spotify

  • Cantora representante do funk agradeceu aos fãs nas redes sociais

  • Ela ainda questionou a falta de representatividade negra no topo da música

Sucesso! Passeando por gêneros como pagode e pop, a eterna funkeira Ludmilla conquistou um feito inédito de audiência musical. A cantora carioca atingiu a marca de dois bilhões de streams no Spotify ao se tornar a primeira artista negra da América Latina a alcançar o número.

Em publicações nas redes sociais, a artista agradeceu pelo apoio dos fãs e celebrou a vitória. “Eu nunca imaginei que pudesse chegar até aqui, mas graças a Deus e a vocês, que me acompanham, me dão força e me inspiram, estamos voando cada vez mais alto. Gratidão!”, publicou em seu perfil do Twitter.

Na sequência, a brasileira fez questão de questionar a falta de representatividade negra no topo da música. “Importante lembrar que apesar de eu estar muito feliz de ver meu trabalho indo tão longe, por outro lado eu fico triste e preocupada em ver que sou a única artista preta na América Latina com esses números nas plataformas de streaming. O nosso povo merece mais espaço!”, declarou.

Vale lembrar que Ludmilla está celebrando 10 anos de carreira desde seu primeiro lançamento com o EP "Back to Be". Com quatro faixas escritas pela cantora e outras duas com compositores parceiros, o novo trabalho é um retorno às origens de MC Beyoncé.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo: