Ludmila Dayer sobre quarentena: “Não posso ficar só sentada, vendo a vida passar”

A atriz e roteirista Ludmila Dayer realmente é uma pessoa que leva jeito para trabalhos manuais. Além de cortar, pintar, fazer a sobrancelha e as unhas sozinha, ela está usando a quarentena para aprender a fazer joias. Isso mesmo.

“Meu setor está paralisado, e pensei: ‘Vou fazer alguma coisa nova, botar meu cérebro para funcionar porque não posso ficar estagnada’. Aí, comprei um livro sobre joias, que sou apaixonada. Estou aprendendo a derreter ouro, já aprendi a soldar algumas coisas. Daqui a pouco sai uma coleção minha”, afirma aos risos.

“Quando a quarentena acabar vou ver um curso para fazer de joias. Estou determinada já. Vai ser um hobby meu. A gente sempre tem oportunidade de crescer. Eu podia passar a quarentena em casa entediada ou eu podia aprender novas coisas”, diz Ludmila frisando que tem noção do seu lugar de privilégio e por isso prefere muitas vezes manter o silêncio diante de alguns assuntos.

“Não posso ficar só sentada, vendo a vida passar”, conclui.

Veja mais

Ludmilla Dayer: "A gente esquece de se perguntar se está feliz”

Ludmila Dayer revela segredos estéticos no isolamento

Rita Cadillac relembra romance com Pelé e show em garimpo