Lucy Liu admite que socou Bill Murray no set de "As Panteras"

·2 minuto de leitura
Bill Murray e Lucy Liu em cena de
Bill Murray e Lucy Liu em cena de "As Panteras" (2000) (reprodução)

Resumo da notícia:

  • Lucy Liu revelou em entrevista que socou Bill Murray durante as gravações de "As Panteras" (2000)

  • A atriz não gostou de ser desmerecida pelo ator no set e apelou para a violência

  • "Sim, eu me defendi e não me arrependo", disse a atriz

Um boato de bastidores de Hollywood bastante famoso dizia que Bill Murray foi demitido de "As Panteras" (2000) por causa do seu péssimo relacionamento com Lucy Liu, uma das estrelas do longa. Hoje podemos não só dizer que a história é verdadeira como oferecer ainda outro detalhe importante: a atriz chegou a socar o companheiro de cena no set.

A história foi revelada pela própria Lucy Liu em entrevista ao podcast Asian Enough do Los Angeles Times. Vinte anos após o episódio, a atriz diz que tudo aconteceu durante uma cena gravada na agência das espiãs. De repente, de acordo com ela, Murray começou a disparar insultos contra ela. "Que diabos você está fazendo aqui? Você não pode atuar!", teria dito ele.

Leia também:

"Eu pensei: 'Nossa, ele parece estar olhando diretamente para mim'", lembrou a atriz, que afirma não ter entendido as críticas já que não tinha tanto destaque na cena. "Eu literalmente olhei por cima de meu ombro, pensando: 'Com quem ele está falando atrás de mim?'. Eu disse: 'Perdão. Você está falando comigo?'. E ele claramente estava, porque então começamos a conversar diretamente um com o outro", completou.

A atriz, então, admitiu que reagiu com socos contra o ator. "Então, sim, eu me defendi e não me arrependo. Porque não importa o quão baixo você esteja no totem ou de onde quer que você venha, não há necessidade de condescender ou colocar outras pessoas para baixo. E eu não iria desistir, e nem deveria", disse ela.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

"Eu não vou ficar lá sentada sendo atacada... Eu não quero ser essa pessoa que não vai se defender e lutar pela única coisa que tenho, que é minha dignidade e meu respeito próprio", completou a estrela, hoje aos 52 anos. Na entrevista, Lucy Liu disse que não ficaram mágoas da briga e que hoje não tem nada contra Bill Murray. 

Por causa do entrevero, Bill Murray foi substituído por Bernie Mac na função de chefe das espiãs no filme seguinte, "As Panteras Detonando" (2003). Lucy Liu, no entanto, pondera que ficou com fama de "mulher difícil" em Hollywood por causa da visão machista da época. "Lembro que depois daquela época o que saiu na imprensa foi que eu era isso e aquilo”, acrescentou.

Bill Murray and Lucy Liu during 2000 NATO/Showest Convention at Paris Hotel in Las Vegas, Nevada, United States. (Photo by Jeff Kravitz/FilmMagic, Inc)
Bill Murray e Lucy Liu, com uma mão apoiada no ombro dele, em evento realizado em 2000 (Photo by Jeff Kravitz/FilmMagic, Inc)

"Mas eu não entendi porque a narrativa foi invertida, já que não fui eu que instiguei ou criei um ambiente de confronto ou ansiedade. Já se passaram décadas, mas isso obviamente é algo que eu lembro muito intimamente e não esqueci", lamentou a estrela, por fim.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos