Lúcio Mauro Filho revela salário baixo no "Zorra Total": "Meu pai até brigou comigo"

Lúcio Mauro Filho surpreende ao revela salário no
Lúcio Mauro Filho surpreende ao revela salário no "Zorra Total". (Foto: João Cotta/TV Globo)

O ator e comediante Lúcio Mauro Filho revelou que aceitou um salário muito baixo em sua estreia no "Zorra Total", da TV Globo. Para contracenar com Jorge Dória no programa humorístico, ele recebeu o valor de R$ 1,2 mil.

"Eu ganhava R$ 1,2 mil no 'Zorra'. Eu queria morar com Cíntia [Oliveira, sua esposa desde 1999], ela ganhava dinheiro, mas não era carteira assinada. E, para a gente alugar apartamento, alguém tem que estar trabalhando [formalmente]", contou em entrevista ao podcast "Papagaio Falante", comandado por Sérgio Mallandro e Renato Rabello.

Hoje aos 48 anos, Lúcio Mauro Filho aceitou a proposta para interpretar o famoso Alfredinho, um rapaz homossexual que causava constrangimento para o pai, Maurição (Jorge Dória), em um dos quadros do programa.

Mesmo em seus primeiros anos de carreira, o valor que ele aceitou para trabalhar na TV revoltou o pai, Lúcio Mauro, que era diretor na Globo. "Meu pai até brigou comigo quando eu fechei", revelou. "Quando contei para o papai, ele ficou duas semanas sem falar comigo. 'Idiota! Tu és um imbecil!'".

"Falei: 'pai, uma hora vai chegar [um aumento], porque eles vão ficar sem graça de me pagar isso aqui'. E, quando chegar, vou falar: 'ah, é? Agora eu quero o triplo'. Sempre foi assim na minha vida. Sempre esperei meu momento, nunca quis dar um passo maior que a perna", completou o ator.

O ator começou a carreira cedo e conta que ouviu do pai durante a infância que "um dia a gente se encontra no set". A frase ficou guardada e o sonho de encontrá-lo nos estúdios da Globo enquanto trabalhava se tornou realidade quando começou a filmar o "Zorra". Ele conta que ao lembrar Lúcio Mauro da promessa, o ator começou a chorar de emoção.