Luciano do "BBB22" já falou sobre tamanho do pênis; isso importa?

·3 min de leitura
Foto: Reprodução/Instagram
O tamanho do pênis é importante? (Foto: Reprodução/Instagram @luciano)

O brother Luciano Estevan, participante da atual edição do Big Brother Brasil (Globo), já revelou em uma rede social ter um pênis com 21 centímetros de comprimento. A média do homem brasileiro é de 13 a 15 centímetros ereto. Mas será que o tamanho do pênis importa?

"O tamanho não interfere no prazer do indivíduo nem da parceira ou parceiro. Na vagina, as zonas mais estimuláveis estão a 4 centímetros da entrada. Na região anal, muito menos. As terminações nervosas estão todas na região externa ou logo no esfíncter (músculo que controla a abertura e o fechamento do ânus)", explica Leonardo Seligra Lopes, diretor da Sociedade Brasileira de Urologia Secção São Paulo (SBU-SP) e membro da Associação Brasileira de Estudos em Medicina e Saúde Sexual (ABEMSS).

O especialista fala que não há um tamanho ideal para o órgão. "Existem médias populacionais, que variam de acordo com a região do mundo, a etnia do indivíduo."

Os centímetros a mais que Luciano revelou não fazem diferença na funcionalidade do órgão, segundo o especialista. Ele conta que o órgão tem duas funções: a micção e a relação sexual.

E quando parece pequeno?

Tamanho importa? (Foto: Getty Images)
Tamanho importa? (Foto: Getty Images)

Segundo Lopes, há algumas condições que podem fazer com que o homem tenha a percepção de que seu pênis é pequeno. "Pacientes com sobrepeso na região púbica, com aumento do abdome, podem ter essa sensação. E doenças crônicas como diabetes e hipertensão podem levar a um encolhimento da musculatura (sim, o pênis é um músculo), afirma o especialista.

Para reforçar que se ocupar – ou se preocupar – com o tamanho do pênis não faz sentido, o urologista destaca: "Segundo estudos científicos, em casos de câncer no órgão, em que se faz necessária a retirada de pedaços, mantendo-se 4 centímetros, consegue-se preservar as funções de micção e sexual".

Cirurgia para aumento de pênis

De acordo com o urologista, a única circunstância em que se deveria pensar em cirurgia de aumento de pênis é quando o homem tem uma doença chamada micropênis. "É uma condição em que o órgão tem menos de 3 centímetros, e que começa a ser avaliada na infância e na adolescência. Para ela, existem tratamentos medicamentosos até que se cogite algum procedimento cirúrgico", diz ele.

Controversa e com grande chance de efeitos negativos, a cirurgia de aumento peniano não é recomendada pela SBU e por nenhuma entidade médica internacional. "Perda de função e necrose de pele e de uretra são algumas das consequências que podem ocorrer." Ou seja, o tamanho pode diminuir, inclusive.

Antes de se partir para uma solução radical, Lopes diz que uma alternativa pode ser uma cirurgia estética genital. Segundo o urologista, a retirada de parte do prepúcio (pele que recobre a cabeça do pênis) ou mesmo uma lipoaspiração na região pubiana podem "revelar" o órgão. Mas, antes de qualquer coisa, é preciso uma avaliação médica para saber se o "problema" realmente existe.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos