Luciana Gimenez diz estar bem após ir parar no hospital por pico de pressão

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, BRASIL 31.10.2019 Luciana Gimenez (apresentadora, modelo e empresária). (Foto: Mathilde Missioneiro/Folhapress)
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, BRASIL 31.10.2019 Luciana Gimenez (apresentadora, modelo e empresária). (Foto: Mathilde Missioneiro/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A apresentadora Luciana Gimenez, 51, passou mal antes da gravação do Luciana by Night (RedeTV!) desta segunda-feira (16) e foi parar no hospital.

Segundo a assessoria da emissora, foi um pico de pressão que a atingiu e a deixou desnorteada. Após fazer exames e ser medicada, recebeu alta do Albert Einstein e já está em casa.

Pelas redes sociais, a apresentadora tranquilizou os fãs. "Oi, gente, tudo bem com vocês? Estou passando aqui para dizer que já estou melhor e que foi só um susto mesmo. Para todo mundo que está me ligando, perguntando de mim, obrigada", começou.

"Queria dizer que amanhã vou estar muito melhor. Já saí do hospital e estou em casa. Obrigada", emendou ela em em vídeo nos stories do Instagram.

Recentemente, Luciana se viu envolvida em duas polêmicas. A Justiça de São Paulo determinou que o senador não cite mais o nome da apresentadora com multa diária de R$ 20 mil, caso descumpra. Em abril, os advogados da apresentadora entraram com uma queixa-crime no STF (Supremo Tribunal de Justiça), segundo o jornal O Globo. Eles pedem pena máxima (de mais de 4 anos) para Kajuru por seis casos de injúria e dois de difamação.

Durante uma live com Antônia Fontenelle no dia 25 de março, Kajuru se referiu a Gimenez como "mulher de programa", "mulher desqualificada" e "mulher de interesse".

Em maio, a atriz e youtuber Antonia Fontenelle ficou sabendo que teria de pagar multa de R$ 20 mil por descumprir ordem judicial que a proibia de fazer qualquer referência a Gimrnrz. Ela fez um vídeo com fita adesiva na boca e citou o processo e o nome da apresentadora da Rede TV!.

Na decisão, o juiz Valentino Aparecido de Andrade, da 1ª Vara Cível de São Paulo, aplicou ainda multa de 20% sobre o valor da causa. O magistrado diz que ficou evidente que Antônia, por meio de vídeo que circulou nas redes sociais, quis descumprir a ordem judicial.

"O conteúdo do vídeo comprova que a ré tinha pleno conhecimento da decisão e da eficácia da tutela provisória de urgência, tanto assim que em vários momentos veiculados nesse vídeo a ré refere-se a este processo judicial e à medida liminar nele concedida", diz o juiz.

Antônia disse que não foi "notificada de absolutamente nada" e soube pela imprensa que a apresentadora da Rede TV! havia entrado na Justiça contra ela para proibir que cite seu nome. Ela disse que deixa o caso com seus advogados.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos