Luciana Gimenez desabafa sobre perseguição na gravidez de Lucas: 'Tive que fugir'

·1 min de leitura
Luciana e Lucas Jagger credit:Bang Showbiz
Luciana e Lucas Jagger credit:Bang Showbiz

Luciana Gimenez fez um desabafo sobre a perseguição que sofreu durante a gravidez de Lucas, seu filho com o cantor Mick Jagger.

A apresentadora, de 52 anos, revelou ter passado por maus bocados enquanto estava grávida de seu primogênito - fruto de seu relacionamento com o vocalista da banda Rolling Stones.

"Depois que eu fiquei grávida, saí em centenas de capas de jornais ingleses e tive que fugir para a Austrália. Se eu quisesse grana, vendia a história e fotos minhas pra todo mundo. Mas eu só queria uma gravidez saudável e feliz. No fim, eu passei os nove meses chorando por conta da exposição", lamentou a beldade em entrevista à revista 'Marie Claire'.

Luciana acrescentou que o assédio da imprensa também repercutiu negativamente na vida de Jagger.

"Foi demais tanto pra mim quanto pra ele. Ele também enfrentou uma barra e teve que sumir. Sozinha na Austrália, os paparazzis me perseguiram, ficaram na porta da minha casa até que me encontraram. Quando vi que a fuga não funcionou, peguei um voo de volta à Inglaterra. Entrei discretamente no avião, mas na fila do embarque uma fotógrafa tirou uma foto minha e publicaram na capa de um tablóide inglês. Quando desembarquei em Londres já tinha uma nuvem de fotógrafos me esperando. Foi horrível", contou a musa no bate-papo com a publicação.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos