Luana Piovani reflete durante pandemia: “Não nasci pra ser dona de casa”

Patrick Monteiro
·2 minuto de leitura
Luana Piovani se define como "atriz, mãe, feliz" (reprodução / instagram @Luapio)
Luana Piovani se define como "atriz, mãe, feliz" (reprodução / instagram @Luapio)

Luana Piovani tem, assim como muitas mães solo de todo o mundo, enfrentado problemas multiplicados durante a pandemia do Covid-19. A atriz e apresentadora está isolada com uma amiga e os três filhos em sua casa, em Portugal.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentários

A provocação da fala veio após ela compartilhar uma imagem de uma heroína cansada, que após uma batalha toma um sorvete em um banco. Então um seguidor apontou os privilégios de Luana em relação à muitas outras mães solo.

Leia também

“Ela tem as aulas de yoga, musculação e massagem na farmácia. Além do mais, não lava, passa e cozinha, e tem a Angelina que ajuda a cuidar das crianças e a mãe que leva os miúdos pra dormir em sua casa vez ou outra. Existem mães que realmente estão sofrendo por cuidar da casa e filhos e não têm no fim do dia uma massagem em seus pés”, disse o fã.

Luana então respondeu. “Lamento por quem não tenha a massagem nos pés, mas morro por quem não tem comida em casa. Não nasci pra ser dona de casa e não tenho o menor constrangimento em dizer isso. Me faz falta os ensaios, camarins, textos e cantorias. Dá uma olhada na minha bio, diz, 'atriz, mãe, feliz', e não o contrário”, pontuou.

Recentemente ela reclamou da ausência de Pedro Scooby, seu ex-marido e pai de seus três filhos, na criação das crianças. “Sou pãe porque não me resta outra alternativa. É nítido ver que falta a presença masculina. E é testosterona mesmo. Um amigo, meu pai, eles ficam de outro jeito. Faz falta no afeto, no modelo, no exemplo”, afirmou em um live.