Luan Santana mira carreira no exterior sem deixar de cantar em português

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Luan Santana
    Cantor e compositor de músicas sertanejo brasileiro
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 08.10.2017 - O cantor Luan Santana durante o show do Coldplay no Allianz Parque, em São Paulo. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 08.10.2017 - O cantor Luan Santana durante o show do Coldplay no Allianz Parque, em São Paulo. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Consolidar a carreira internacional é o grande desejo de Luan Santana, 30. Em 2022, ele fará turnê na Europa e segue aprendendo a falar espanhol, além de já dominar o inglês. Mas o cantor, que estourou em todo o Brasil em 2009 com o hit "Meteoro", não quer se sentir na obrigação de cantar em outros idiomas para mostrar o seu trabalho ao mundo.

"Quero cantar também em português. Cantar na nossa língua para que nos ouçam. Eu quero que o mundo nos veja pelo que temos de tão lindo: a nossa música, a nossa democracia musical", afirma ele em entrevista concedida por email ao F5. "Quero que a nossa música seja conhecida com o nosso sotaque, com a nossa língua".

Luan Santana destaca a força da música brasileira citando a bossa nova de Tom Jobim, que ganhou o mundo, e o romantismo de Roberto Carlos. "Sem parecer pretensioso, eu quero que o meu canto ecoe com a mesma força com que este Brasil abraça tantos povos e línguas", acrescenta.

O artista afirma que "rótulos limitam" e que "canta o amor". Diz ainda que o sertanejo, gênero em que se destacou e é identificado até hoje, consegue se unir --"em perfeita harmonia", analisa ele-- com outros estilos, como o axé, o funk, o piseiro e o arrocha.

Santana complementa que é uma limitação excluir a música e os músicos brasileiros do "chamado mercado latino". "A gente tem de começar a levantar esta bandeira: somos latino-americanos, já dizia Belchior [1946-2017] e Zé Rodrix [1947-2009]. O romantismo é minha essência, aliás, essa a maior característica do latino", acrescenta.

No caminho para o sonho de consolidar a carreira internacional está Portugal, país onde o cantor já faz sucesso e deseja gravar um DVD ainda este ano. Luan tem dois shows marcados em agosto em Lisboa e Porto --este último está com ingressos esgotados. "A música 'Morena' é primeiro lugar no país desde que lançou", celebra ele.

O cantor faz neste domingo (16) o seu segundo show em São Paulo, na Arena Estaiada, na zona sul da capital do estado, depois de quase dois anos sem fazer apresentações com público por causa da pandemia --o primeiro foi em dezembro, no Espaço das Américas.

Apesar do aumento no número de pessoas infectadas pela variante ômicron do coronavírus, Luan Santana diz estar tranquilo e que seguirá as orientações dos órgãos competentes. "As vacinas estão salvando vidas e tenho certeza de que estamos cada vez mais perto do fim. Temos de observar e seguir o que os órgãos competentes têm a determinar e nos unir", afirma.

Ele também se diz muito ansioso com a turnê Luan City que vai rodar o Brasil e que nasce do DVD, gravado em dezembro em São Paulo. "O público pode esperar um cantor cheio de saudade, de planos e de vontade que tudo isso passe logo, para resgatarmos nossas vidas novamente, nossa liberdade de ir e vir e que tudo se encaixe", diz.

Na vida pessoal, Luan Santana afirma que o namoro com a estudante de moda Izabela Cunha vai "maravilhosamente bem". O casal já planeja morar junto e formar uma família. "Neste ano ou no outro, sem falta, vamos morar juntos e, em breve, filhos", afirma.

O cantor assumiu o namoro com Izabela em novembro do ano passado. Antes, ele ficou por 12 anos com Jade Magalhães --noivos, eles anunciaram o fim do relacionamento em outubro de 2020. "Izabela é um presente na minha vida", conclui.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos