Lorde defende aborto legal em show: "Pensam que nossos corpos não são nossos"

Lorde em show da
Lorde em show da "Lorde World Tour" nos Estados Unidos. Foto: John Shearer/Getty Images

Resumo da notícia:

  • Lorde defende aborto legal em show: "Pensam que nossos corpos não são nossos"

  • Cantora se posicionou contra a possibilidade de derrubarem a legalização nos EUA

  • Declaração foi feita durante apresentação em Los Angeles, na California

Lorde se posicionou a favor do aborto legalizado durante show nos Estados Unidos. A cantora fez referência à possibilidade da Suprema Corte norte-americana derrubar a antiga jurisprudência que legaliza o procedimento no país.

De acordo com a Rolling Stone, em turnê de seu disco mais recente, intitulado "Solar Power", lançado em 2021, ela não poupou o assunto ao subir ao palco de Los Angeles, na California.

"Como tantos de vocês, fiquei de coração partido e enjoada com as notícias dessa semana. Algumas pessoas que pensam que nossos corpos não são nossos de verdade," afirmou ao público presente.

"Ainda não tenho as palavras para falar sobre isso com vocês. É tão grande e pesado. Tudo bem congelar por um momento, até você reengajar. Estou tentando dizer que estou passando por algo grande e pesado", completou a neozelandesa.

A dona do hit "Royals" ainda confessou o que passou durante a fase mais difícil da pandemia com a paralização de shows e encontros. "A parte mais difícil foi a ausência de música ao vivo, sem festas, dança. É difícil acessar essas emoções que precisam surgir", desabafou.

Vale lembrar que Lorde é uma das principais atrações do Primavera Sound São Paulo, a primeira edição do festival no Brasil. Marcado para os dias 5 e 6 de novembro, o evento ainda vai contar com Travis Scott, Björk, Gal Costa, Arctic Monkeys entre os artistas que subirão ao palco do Distrito Anhembi.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos