Shein em São Paulo: fomos à loja para você não precisar ir; veja peças

Pop-up store da Shein no Shopping Vila Olímpia, em São Paulo (Foto: divulgação)
Pop-up store da Shein no Shopping Vila Olímpia, em São Paulo (Foto: divulgação)

Chegou o grande dia! Neste sábado (12), a loja física temporária da Shein, em São Paulo, finalmente abriu as portas ao público. Até quarta-feira (16), quem passar pelo Shopping Vila Olímpia poderá conferir de perto e comprar cerca de 11 mil peças da marca.

Um dia antes da inauguração oficial, Yahoo! esteve no local para um evento exclusivo. Adiantamos, agora, as principais informações sobre a pop-up store, assim você não precisará ir até lá (embora devesse).

A loja

O espaço possui 265 m² e é dividido em dois andares: no primeiro, fica a seção feminina, já os itens de moda masculina e infantil dividem a parte de cima. Destaque para os provadores (são dez!) e os espaços instagramáveis, nos quais é possível fazer a foto do look antes mesmo de ir para casa.

As roupas

Há um motivo — vários, na verdade — para a Shein ter se tornado esse fenômeno: disponibilizar peças que trazem as principais tendências do momento em tempo recorde. E foi justamente esse o foco da marca ao selecionar o que está sendo vendido na pop-up store. Nas araras, tem muuuitas opções de florais, jeans, estampas psicodélicas, crochês e brilho — além de rosa, verde, azul, preto e outras cores que se destacaram nas últimas Semanas de Moda internacionais (primavera/verão) e nas redes sociais.

Peças disponíveis na pop-up store da Shein (Foto: Vand Vieira)
Peças disponíveis na pop-up store da Shein (Foto: Vand Vieira)

Os preços e os tamanhos

Pode-se dizer que estão alinhados com o site e o aplicativo. Até porque a ideia é que os clientes consigam comprar on-line o que estiver indisponível no tamanho desejado ou totalmente esgotado.

Peças disponíveis na pop-up store da Shein (Foto: Vand Vieira)
Peças disponíveis na pop-up store da Shein (Foto: Vand Vieira)

As vantagens

Primeiramente, poder levar na hora o que demoraria um certo tempo para chegar pelo correio (nossa ansiedade agradece!) e, claro, não correr o risco de ter uma surpresa desagradável por achar que pessoalmente um determinado item não se parece com a imagem do site/aplicativo. Aliás, o principal objetivo da Shein com esse tipo de ação é justamente dar aos consumidores a oportunidade de comprovar a qualidade dos materiais, analisar os acabamentos e por aí vai.

Peças disponíveis na pop-up store da Shein (Foto: Vand Vieira)
Peças disponíveis na pop-up store da Shein (Foto: Vand Vieira)

As desvantagens

A locomoção até a Vila Olímpia, no caso de quem mora em um bairro distante, e principalmente a aglomeração de clientes. Por se tratar de algo temporário e que gerou bastante expectativa, é provável que até o último dia a loja receba muita, muita gente.