Livro de Machado de Assis está entre os favoritos de Woody Allen

(Foto: Divulgação)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – “Memórias Póstumas de Brás Cubas”, obra de Machado de Assis, aparece em lista que o cineasta Woody Allen escreveu para o jornal britânico “The Guardian” sobre os seus cinco livros prediletos. Segundo o cineasta, ele recebeu o livro em sua correspondência.

“Algum brasileiro desconhecido me mandou por correio e escreveu ‘você vai gostar disso’. Como é um livro pequeno, eu li. Se tivesse sido um livro grosso, eu teria descartado”, afirmou. Allen disse que ficou surpreso como o livro é encantador e divertido. “Eu não pude acreditar que ele [Machado de Assis] viveu há tanto tempo. Você pode pensar que ele escreveu o livro ontem. É tão moderno e tão divertido. É uma obra de trabalho muito, muito original. Tocou um sino em mim assim como ‘O Apanhador no Campo de Centeio’. Foi tratado com grande inteligência, originalidade e sem sentimentalismo.”

Os outros livros que compõe a lista são “O Apanhador no Campo de Centeio” de JD Salinger, “Really the Blues” de Mezz Mezzrow e Bernard Wolfe, “O Mundo de S. J. Perelman” de S. J. Perelman e “Elia Kazan: A Biografia” de Richard Schickel.