Sofrência em casa: Jorge e Mateus batem 3 milhões de acessos com live

Redação Vida e Estilo
·3 minuto de leitura
Jorge e Mateus em live na quarentena. Foto: reprodução/Instagram/jorgeemateus
Jorge e Mateus em live na quarentena. Foto: reprodução/Instagram/jorgeemateus

A live musical de Jorge e Mateus foi a alegria de muitos fãs em pleno sábado (4) de quarentena. A prova é que a superprodução musical “Na Garagem” ultrapassou a impressionante marca de 3 milhões de acessos simultâneos no YouTube e se tornou um dos assuntos mais comentados do Twitter madrugada adentro.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

“A gente sente falta do calor humano, mas estamos fazendo o possível para estar em contato com vocês”, disse Mateus, que ajudou a embalar a sofrência alheia com hits da dupla como “Amo Noite e Dia”, “Flor” e “Logo Eu”, além de covers como “Evidências”.

Leia também:

Nas redes sociais, os artistas agradeceram o carinho recebido durante o show e também a rede de solidariedade formada para ajudar vítimas da pandemia do novo coronavírus. Segundo números divulgados pela dupla, foram arrecadados 172 toneladas de alimentos e 10 mil frascos de álcool gel, entre outras ações beneficentes.

“Foram mais de 3 milhões de pessoas assistindo simultaneamente, em 4h30 de live, e inúmeras doações! Assim foi a nossa noite no YouTube. Obrigado a todos que participaram e ajudaram!”, escreveram no Instagram.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Durante a apresentação, os sertanejos lembraram a seus admiradores a importância de ficar em casa para conter a disseminação da covid-19, como recomendam as autoridades sanitárias em todo o mundo.

No entanto, a própria transmissão dos músicos, realizada em Goiânia, foi criticada nas redes por promover uma aglomeração de pessoas nos bastidores.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Noite de funk e forró

Mas nem só de sertanejo viveu a noite de sábado dos “quarenteners”. Valesca Popozuda resgatou funks antigos e proibidões. A ex-vocalista da Gaiola das Popozudas dispensou o glamour e apostou na simplicidade, escolhendo um cômodo da própria casa, no Rio de Janeiro, como cenário.

Além de rebolar muito em suas duas horas e meia de show, a funkeira ainda se emocionou ao relembrar a parceria com Mr. Catra, que morreu em setembro de 2018.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Xand Avião também resolveu matar a saudade dos palcos e fez uma transmissão de três horas, diretamente do saguão de seu condomínio e alcançou 634 mil visualizações simultâneas.

Recuperado da covid-19, o Comandante comemorou a interação com seu público, mesmo à distância: “A gente está aqui nessa live para poder levar um pouco de música para vocês, mas para mim também. Hoje faz 40 dias que eu não canto, e isso me faz uma falta tremenda”.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.