Live de Marília Mendonça "convoca todos os cornos" e bate recorde; veja memes

Marília Mendonça: rainha dos cornos (Twitter)



Marília Mendonça fez história nesta quarta-feira (9). Sem a mesma produção exorbitante dos seus colegas de gênero Gusttavo Lima e Jorge e Mateus, a cantora quebrou recorde e alcançou a marca de 3,2 milhões de espectadores simultâneos em live realizada na sala da sua casa e transmitida pelo Youtube.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

A marca foi atingida no momento de um dos seus maiores hits, Todo Mundo Vai Sofrer. A transmissão foi realizada com o objetivo de arrecadar fundos para o Mesa Brasil Sesc,banco de alimentos contra a fome que tem abastecido a cozinha das famílias mais vulneráveis durante a pandemia do novo coronavírus.

Leia também


De acordo com a cantora, durante a apresentação (que teve 3 horas e meia de duração), ainda foram arrecadados 225 toneladas de alimentos, duas toneladas de produtos de limpeza, 250 quilos de pão de queijo, 3.600 litros de refrigerante, além de materiais de construção em doações.

Apresentação



Marília cantou a maior parte do tempo sentada da sua poltrona. Admitindo o uso de playback como ajuda, ela contou com uma equipe enxuta de oito profissionais, inclusive dois tradutores de libras - que caíram nas graças da internet (veja nos momes abaixo).

Cantando De Quem é a Culpa, a artista conseguiu a proeza de esquecer a letra da música que ela mesma compôs. Com muito jogo de cintura, ela resolveu o problema cantando a faixa pela segunda vez, fazendo os fãs se emocionarem em dobro.

"Chamando todos os cornos! A Rainha da Sofrência vai dar uma força para sua quarentena ser mais legal”, disse ela logo no início da live. Apesar do tom de brincadeira, a transmissão contou com recado do ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta, que ganhou um “salve” de Marília.

Entre hits e diversos merchans, a cantora conseguiu uma marca inédito até aqui na quarentena sertaneja: levar música a milhões de pessoas, sem entrar em contradição e causar riscos aos seus colegas de banda e funcionários. Que o exemplo reverbere, assim como as letras de corno.




Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.