Lisa Kudrow diz que "Friends" só "explodiu" por causa de "Seinfeld"

Imagens de
Imagens de "Friends" e "Seinfeld". Foto: Divulgação/NBC

Resumo da notícia:

  • Lisa Kudrow creditou sucesso de "Friends" ao legado de "Seinfeld"

  • Atriz relembrou quando reprises da série era exibidas após os episódios de Jerry Seinfeld

  • Ela ainda contou que o comediante chegou a ironizar o sucesso de "Friends"

Consagrada como uma das maiores séries da história do entretenimento, "Friends" pode dever o início de seu sucesso a um empurrão da antecessora "Seinfeld". Isso é o que diz Lisa Kudrow, uma das estrelas da produção da NBC que foi ao ar entre 1994 e 2004.

Em entrevista ao The Daily Beast, a atriz afirmou que a trama de Jerry Seinfeld pode ter sido responsável pela explosão de audiência de "Friends" embora reconheça o bom roteiro e as críticas positivas da imprensa.

"Eu não falei nada para não tirar mérito do roteiro de Friends, ou do elenco, ou quão bom Friends realmente era, mas na primeira temporada nossas classificações foram boas", declarou ela. "Nós nos agarramos o suficiente a 'Louco por Você' e começamos a subir, mas foi no verão com reprises depois de 'Seinfeld' quando realmente explodimos", explicou.

Na sequência, Kudrow contou que Seinfeld chegou a ironizar o sucesso de "Friends" ao querer que ela agradecesse a ele pela série ter dado certo.

"Lembro-me de ir a uma festa e Jerry Seinfeld estava lá. Eu disse: 'Oi,' e ele respondeu: 'De nada,'" relembrou Lisa Kudrow. "Eu perguntei: “Ora, obrigada... o quê?” E ele falou: 'Você está depois de nós no verão, e de nada.' E eu disse: 'Isso é exatamente certo. Obrigada'", completou.

Criadora de "Friends" lamenta ter tratado mulher trans no masculino

Recentemente, Marta Kauffman, a co-criadora de "Friends", voltou a se desculpar por mais um erro na produção da série. Em entrevista à BBC, a escritora admitiu que não deveria ter se referido a Helena Handbasket, vivida por Kathleen Turner, a mãe trans de Chandler, vivido por Matthew Perry, como "pai" do personagem.

“Pronomes não eram algo que eu entendia", afirmou ela. “Então nós não nos referíamos aquela personagem como ‘ela.’ Isso foi um erro", completou.

Inclusive, em entrevista ao programa "Watch What Happens Live With Andy Cohen", em 2019, Kathleen Turner confessou que não aceitaria reprisar o trabalho como mulher trans por existirem pessoas que são realmente adequadas para o papel. Clique aqui para saber mais.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo: