Linha de crédito é oferecida para empreendedores do setor cultural pelo governo de São Paulo

CARLOS BOZZO JÚNIOR
·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Visando mitigar a crise e estimular o setor, o governo do estado de São Paulo oferece linha de crédito emergencial para empreendedores do setor cultural. Não é necessário apresentar avalista. São R$ 50 milhões em microcrédito disponíveis para capital de giro, com taxas de juros de 0% a 0,35% ao mês, com carência de seis meses e prazo de pagamento de até 36 meses. O empréstimo pode ser contratado de forma totalmente online. A linha emergencial atende diversos setores compostos de empreendedores formais, incluindo MEI, ME, EPP, LTDA e EIRELI, que não tenham restrições de crédito junto ao SERASA e que realizaram cursos dos programas Empreenda Rápido ou Empreenda Mulher. Os empreendedores podem solicitar as linhas de crédito online pelo site http://www.bancodopovo.sp.gov.br e da Desenvolve SP em www.desenvolvesp.com.br. Mais detalhes estão disponíveis nos endereços acima.