Lindsay Lohan diz que Meghan Markle e Harry não podem escapar dos paparazzi

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Lindsay Lohan, 33, comentou sobre a recente mudança do casal britânico, Meghan Markle e Harry, para Los Angeles, Califórnia (EUA). Experiente em lidar com o assédio dos paparazzi, a atriz afirmou que será difícil para os dois fugirem dos flashes.

"Quer dizer, a menos que eles tenham uma praia particular diferente, certo?", brincou Lohan durante uma entrevista com o apresentador Andy Cohen em seu programa "Andy Cohen Live". "Não dá pra ir a essas praias sem ser visto", completou a atriz, que também disse que não consegue surfar por conta dos fotógrafos. nem consegue surfar o suficiente."

Desde muito nova na mídia e conhecida pelos filmes de sucesso como "Operação Cupido" (1998) e "Meninas Malvadas" (2004), Lohan já enfrentou dificuldades em lidar com o assédio da mídia, principalmente na época em que foi para reabilitação seis vezes entre 2007 e 2013.

Lohan explicou que é "realmente difícil fazer algo publicamente" em um lugar cheio de paparazzi, mas, que o atual momento de quarentena em meio a pandemia do novo coronavírus pode ser benéfico para quem deseja fugir das câmeras. "No momento, felizmente, todo mundo está mais em casa."

Morando em Los Angeles, Markle e Harry querem viver uma vida mais discreta. Antes conhecidos como duque e duquesa de Sussex, o casal abdicou dos compromissos reais e não carrega mais o título de realeza. Embora Harry continue sendo príncipe e neto da rainha Elizabeth 2º, ele não cumpre mais compromissos reais.

Recentemente o casal anunciou o nome da nova fundação sem fins lucrativos, Archewell. Ao jornal The Telegraph, os dois contaram sobre os planos de administrarem grupos de apoio emocional e um "império educacional multimídia", além de lançarem um site de bem-estar.

O nome Archewell é derivado da palavra grega "arche", para designar "fonte de ação", e em homenagem ao filho, Archie Mountbatten-Windsor.