Lilian Aragão pede desculpas por dizer que público de aeroporto 'parece de rodoviária'

Redação Vida e Estilo
Foto: Reprodução/Instagram (@lilianaragaooficial)
Foto: Reprodução/Instagram (@lilianaragaooficial)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após provocar polêmica nas redes sociais ao dizer que público de aeroporto "parece rodoviária", Lilian Aragão, 51, mulher do humorista Renato Aragão, 84, decidiu se desculpar pelo comentário.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

"Sou nova na internet e não sabia que repercutiria desse jeito o meu comentário sobre uma situação específica. O meu carinho especial a todos e minhas desculpas e considerações a vocês", disse em Stories publicado no seu Instagram, na noite desta segunda-feira (27).

Leia também

Mais cedo, Lilian foi criticada ao utilizar a mesma ferramenta para reclamar de um homem que vestia bermuda e chinelo no mesmo voo em que ela estava.

"Não sei o que vocês pensam de aeroportos, mas, assim, para uma blogueira vintage, passando dos 50, o aeroporto começa a ficar um saco. Eu viajo mesmo só para festa, porque para trabalho... Parece rodoviária, né, gente? Esse aeroporto não parece rodoviária? Vim no voo com um cara de bermuda e chinelo do Rio de Janeiro para São Paulo", afirmou.

Depois da repercussão negativa, Lilian resolveu apagar os vídeos polêmicos, e fez outros com o pedido de desculpas. "Eu vim aqui para pedir desculpas a vocês. Se em algum momento eu ofendi alguém, que use chinelo e bermuda, [saibam que] eu estava falando de uma situação específica. Peço desculpas", disse.

Lilian passou a investir nas redes sociais há pouco tempo, seguindo o sucesso do marido -o eterno Didi dos Trapalhões tem 2,7 milhões de seguidores no Instagram. Já ela tem atualmente 110 mil seguidores na rede social.

Ticiane Pinheiro

Em fevereiro, a apresentadora Ticiane Pinheiro, 42, também foi criticada por ter feito comentário semelhante em suas redes sociais. "Olha a fila para passar no detector de metais! Aeroporto virou rodoviária!", disse ela, em vídeo postado no Stories do seu Instagram.

Depois da polêmica, ela também apagou a publicação e escreveu pedido de desculpas: "Acho que fui mal interpretada ou não fui tão clara quanto deveria. Sempre viajei para o Rio de Janeiro em ônibus noturno, saindo de São Paulo meia-noite e chegando no Rio cedinho. Sempre fui para Ubatuba de ônibus. As filas na rodoviária muitas vezes são enormes tanto na bilheteria quanto no embarque. E nesse dia o aeroporto estava assim. Foi só o que eu quis dizer. Nunca quis diminuir ninguém".

"Eu não precisaria estar na fila porque estou gestante, mas como estou me sentindo bem fico sempre na fila. Naquele dia, porém, a cena era atípica, muita gente mesmo, e eu fiz o registro da lotação do aeroporto 6 da manhã. Muitas pessoas que, assim como eu, com frequência acordam 5 da manhã para viajar para algum lugar, trabalhar e voltar no mesmo dia estavam estranhando a situação. Foi só isso", disse ela, que está grávida do jornalista César Tralli.