Liga da Justiça de Joss Whedon foi horrível, diz diretor de fotografia do Snyder Cut

·1 minuto de leitura

Depois de declarações pesadas vindas de Chris Terrio, roteirista do Snyder Cut, agora foi a vez de Fabian Wagner, o diretor de fotografia, abrir o jogo sobre o Liga da Justiça de 2017. Segundo ele, a versão de Joss Whedon foi "horrível."


"Eu sabia que o filme que gravei com Zack [Snyder] e sabia o que Zack ia fazer com ele," ele disse ao Indiewire. "Eu podia ver o filme que estava na cabeça de Zack. Então ver aquele filme [de 2017], e ver a correçaõ de cor e tudo que tentamos fazer... estava completamente diferente. É, eu fiquei devastado."


Wagner também comentou sobre sua participação aberta na campanha #ReleaseTheSnyderCut, divulgando materiais dos bastidores com o diretor antes da chegada de Whedon. "Quando o movimento começou, eu disse abertamente que achava que era ótimo, mas não achava que daria em nada. Então ele continuou e continuou. Eu penso que isso é sobre os fãs. Se eu puder fazer alguém feliz ao mostrar uma foto do set de Zack Snyder, então vamos lá."


Leia a nossa crítica sobre
o tão aguardado filme de Zack Snyder


O Snyder Cut tem quatro horas de duração, adiciona novas cenas, efeitos especiais e personagens como o Coringa de Jared Leto ao filme da Liga da Justiça, além de seguir mais fielmente a visão do diretor. Ben Affleck volta como Batman, Gal Gadot como Mulher-Maravilha, Henry Cavill como Superman, Ezra Miller é o Flash, Jason Momoa vive o Aquaman e Ray Fisher interpreta o Ciborgue. Ele está disponível para aluguel até dia 7 de abril (veja aqui onde é possível alugar). Descubra os maiores segredos do filme.