Liga da Justiça de 2017 foi um vandalismo com Zack Snyder, diz roteirista do Snyder Cut

·1 minuto de leitura

O roteirista Chris Terrio, que começou a trabalhar com Zack Snyder em Batman vs. Superman: A Origem da Justiça, abriu o jogo sobre as mudanças que foram feitas no Liga da Justiça que ele escreveu para o diretor após a chegada de Joss Whedon.


"Eu não sabia quanto do filme seria mudado - ou vandalizado, na minha opinião," ele disse à Vanity Fair. "Ficou claro quando eu falei com vários atores que era uma completa desconstrução do que estava lá antes. Eu não ouvi ninguém falar que foi uma experiência agradável."


"Zack [Snyder] pode ser cavalheiro demais para dizer isso, mas eu não sou," Terrio - cujos outros roteiros incluem Star Wars: A Ascensão Skywalker e Argo - afirmou em relação ao comentário do vandalismo.


Leia a nossa crítica sobre
o tão aguardado filme de Zack Snyder


O Snyder Cut tem quatro horas de duração, adiciona novas cenas, efeitos especiais e personagens como o Coringa de Jared Leto ao filme da Liga da Justiça, além de seguir mais fielmente a visão do diretor. Ben Affleck volta como Batman, Gal Gadot como Mulher-Maravilha, Henry Cavill como Superman, Ezra Miller é o Flash, Jason Momoa vive o Aquaman e Ray Fisher interpreta o Ciborgue. Ele está disponível para aluguel até dia 7 de abril (veja aqui onde é possível alugar). Descubra os maiores segredos do filme.