Lewis Hamilton revela que quase contracenou com Tom Cruise em "Top Gun: Maverick"

Piloto britânico de F1 Lewis Hamilton no The Fashion Awards 2019 em 2 de dezembro de 2019 em Londres, Inglaterra. (Foto: ISABEL INFANTES/AFP via Getty Images)
Piloto britânico de F1 Lewis Hamilton no The Fashion Awards 2019 em 2 de dezembro de 2019 em Londres, Inglaterra. (Foto: ISABEL INFANTES/AFP via Getty Images)

Lewis Hamilton revelou que quase fez parte do elenco de “Top Gun: Maverick”, sequência de “Ases Indomáveis” (1986) estrelado por Tom Cruise. O campeão de Fórmula 1 chegou a fechar acordo para participar do filme, mas acabou de fora do projeto.

O piloto contou em entrevista à “Vanity Fair" que estava tudo certo para fazer uma participação na continuação, mas compromissos de sua agenda na temporada de corridas o impediram de aparecer nas telonas dos cinemas.

“Quando fiquei sabendo que o segundo filme ia acontecer, pensei: ‘Oh meu Deus, eu tenho que pedir para fazer parte disso’. Eu disse para Tom: ‘Não me importa qual seja o papel. Eu posso aparecer no fundo de uma cena varrendo o chão, algo assim'”, brincou Hamilton.

De acordo com a revista, Cruise chegou a conversar com o diretor do filme, Joseph Kosinski, para colocar Lewis para interpretar um dos pilotos novatos treinados por Maverick na história. No entanto, as filmagens de “Top Gun 2" estavam marcadas para começar justamente quando o piloto estaria focado nas corridas da temporada.

“Falar para Tom e Kosinski que eu não poderia fazer o filme foi sem dúvidas a ligação de telefone mais terrível que eu já tive que fazer”, completou Lewis.

Vale lembrar que “Top Gun: Maverick”, sequência do longa lançado em 1986, se tornou o filme de maior bilheteria da carreira de Tom Cruise ao arrecadar mais de US$1 bilhão ao redor do mundo. Até o momento, o longa de ação é também a maior bilheteria do cinema em 2022.