Letitia Wright prefere sair da Marvel do que ser obrigada a se vacinar contra Covid-19

Letitia Wright em
Letitia Wright em "Pantera Negra". Foto: Divulgação/Marvel

Resumo da notícia:

  • O negacionismo de Letitia Wright tem roubado os holofotes da produção de "Pantera Negra 2"

  • Atriz revela que prefere sair da Marvel do que ser obrigada a se vacinar contra Covid-19

  • Gravações estão interrompidas por contra de lesões sofridas pela artista

O negacionismo de Letitia Wright com a pandemia de coronavírus está indo longe demais. Após se pronunciar nas redes sociais de forma controvérsia sobre vacina contra a doença e se ferir no set de "Pantera Negra 2", a atriz fez revelações preocupantes.

De acordo com o Giant Freakin Robot, fontes afirmam que a intérprete de Shuri, prefere deixar o Universo Cinemtográfico da Marvel do que ser obrigada a se vacinar contra a Covid-19. Isso porque a produção da sequência foi interrompida e voltará só em janeiro por conta da gravidade de suas lesões.

Segundo o insider, relatórios anteriores exclusivos comprovam seu posicionamento e fontes do The Hollywood Reporter confirmam que ela ainda não foi vacinada.

Vale lembrar que a Disney emitiu uma ordem para a vacinação contra a Covid-19 para sua equipe. Só que a regra não se aplicou ao elenco de "Pantera Negra 2", porque o longa já estava em andamento.

A conclusão que fica é: o negacionismo da artista tem roubado os holofotes do verdadeiro sentido do novo filme. Se Letitia Wright não foi vacinada e não quer mudar isso, pode ser o fim de seu contrato com a Marvel/Disney. E fica a expectativa de como ficará a trama de "Pantera Negra 2", que tem o intuito de ser uma grande homenagem ao falecido Chadwick Boseman.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.