Letícia Cazarré atualiza estado de saúde da filha e lamenta: "A vida não é fácil"

Juliano Cazarré e a esposa, Letícia Cazarré, falaram sobre o estado de saúde da filha
Juliano Cazarré e a esposa, Letícia Cazarré, falaram sobre o estado de saúde da filha

Leticia Cazarré usou suas redes sociais para desabafar sobre a recuperação da filha, Maria Guilhermina. A criança nasceu com Anomalia de Esbstein, uma cardiopatia rara que prejudica o fluxo sanguíneo no coração.

Após uma cirurgia neonatal, Maria Guilhermina segue no hospital para se recuperar. No Instagram, Letícia lamentou a chegada das cólicas. "Passaram as dores da cirurgia, chegaram as dores de cólicas. É, filha... a vida não é fácil, mas sendo valente como você, vai ficar tudo bem", escreveu.

Entenda o caso

Logo após o nascimento da filha Maria Guilhermina, Letícia Cazarré usou seu Instagram para conversar com os fãs e dar mais detalhes sobre o estado de saúde da criança. A pequena nasceu com uma cardiopatia congênita rara chamada Anomalia de Ebstein, que prejudica o fluxo de sangue para os pulmões e pode causar cianose (cor arroxeada) na pele.

"Queridos, estamos bem! Obrigada a todos pelas mensagens e orações. Maria Guilhermina tem sido uma lutadora, respondeu muito bem a todos os procedimentos e agora se recupera na UTI. Estamos felizes, os médicos são brilhantes e os céus cuidaram de cada detalhe. Vamos seguir rezando", explicou Letícia, esposa de Juliano Cazarré.

A criança passou por uma cirurgia após o nascimento e continua internada em São Paulo. "A Anomalia de Ebstein é uma cardiopatia rara da válvula tricúspide, afetando apenas um em cada 10 mil bebês, com distribuição igual entre meninos e meninas. Quando ocorre a Anomalia de Ebstein, a válvula tricúspide é malformada e fica posicionada em uma posição muito baixa, permitindo que o sangue escape para trás a partir do ventrículo para o átrio", explica Vinicius Menezes, cardiologista da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

De acordo com o cardiologista, a anomalia deve ser diagnosticada antes do nascimento. "O diagnóstico é feito pela ecocardiografia fetal ainda no acompanhamento pré-natal ou ecocardiografia convencional em crianças, adolescentes ou adultos. Essas anormalidades causam insuficiência cardíaca congestiva, um refluxo sanguíneo que resulta em acúmulo de líquido nos pulmões e fluxo insuficiente de sangue oxigenado para o corpo".

Em seu Instagram, Juliano Cazarré, que atualmente interpreta o peão Alcides em 'Pantanal', disse que a filha já passou por uma intervenção cirúrgica e está bem: “Maria Guilhermina chegou com um coração especial. Nos exames pré-natais, descobrimos que ela teria uma cardiopatia congênita rara. Ao longo da gestação, os médicos perceberam que o caso dela seria um dos mais raros e graves dentro da anomalia”, escreveu.

*Com informações do Extra

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos