Leticia Birkheuer minimiza isolamento e gera revolta com "vida normal"

Amanda Caroline
·2 minuto de leitura
Leticia Birkheuer fez sucesso em 'Belíssima' (2005) (Foto: Reprodução/Instagram @leticiabirk)
Leticia Birkheuer fez sucesso em 'Belíssima' (2005) (Foto: Reprodução/Instagram @leticiabirk)

Leticia Birkheuer minimizou a importância do isolamento social como medida de combate ao novo coronavírus e gerou revolta nas redes sociais. A atriz e modelo chocou internautas com relato de “vida normal” durante a pandemia. Ela conta em post no Instagram que pegou mais de 20 voos, foi ao shopping e restaurantes nos últimos meses, contrariando recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

“Se eu peguei mais de 20 voos, fiz exames, fui à farmácia, mercado, shopping, restaurante, fiz obra em casa e não peguei covid-19, é porque me protegi”, escreve. A artista diz que tem se protegido usando máscara e tomando precauções de higiene.

Leia também

“Não deixei de conviver com a minha família também e ninguém pegou a doença”, completa. Leticia ainda afirma que está “sem medo”. Confira:

Atriz e modelo gera revolta com relato de "vida normal" em plena pandemia (Foto: Reprodução/Instagram @leticiabirk)
Atriz e modelo gera revolta com relato de "vida normal" em plena pandemia (Foto: Reprodução/Instagram @leticiabirk)

A publicação viralizou e Leticia foi criticada. “Pessoas como você representam o que há de mais abjeto na falta de empatia pelos mais de 60 mil mortos”, comenta uma seguidora. “Essa doença não é uma brincadeirinha”, “as pessoas estão morrendo, você deveria respeitar” e “você é irresponsável” são algumas das outras várias mensagens que ela recebeu. A gaúcha que fez sucesso em ‘Belíssima’ (2005) apaga as reações negativas de sua conta no Instagram.

De acordo com dados divulgados pelo Conselho Nacional dos Secretários de Saúde na noite da última quinta-feira (9), o Brasil registra 1.755.779 de casos de coronavírus e o total de mortes chega a 69.184.