Leonardo DiCaprio viverá líder espiritual que incentivou suicídio de 900 pessoas

·2 min de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ator Leonardo DiCaprio, 46, deverá aparecer na pele do líder espiritual Jim Jones (1931-1978) em um próximo projeto para o cinema ainda sem data para início de gravações. Segundo o Holywood Reporter, o astro está em negociações avançadas para viver o polêmico guru da década de 1990.

Jones foi um guru que incentivou o suicídio coletivo de 918 pessoas, incluindo mais de 300 crianças, em 1978. Ele era o líder da seita Templo dos Povos.

O suicídio coletivo se deu quase todo por envenenamento por ingestão de cianeto. Já a morte de Jones aconteceu por ferimento abala na cabeça naquele mesmo dia.

Ainda não há prazo para a estreia e também não existe um nome certo par a direção. O que se sabe é que DiCaprio seria o produtor e o protagonista. O roteiro será assinado por Scott Rosenberg ("Venom", de 2018), e dos dois filmes mais recentes da franquia "Jumanji".

Recentemente, a Netflix divulgou o primeiro teaser do filme "Não Olhe Para Cima". O projeto vai estrear dia 9 de dezembro nos cinemas e chegará ao streaming em 24 de dezembro. O filme conta com grandes nomes no elenco como DiCaprio, Jennifer Lawrence, Timothée Chalamet, Meryl Streep e Ariana Grande.

O longa-metragem tem direção, roteiro e produção feitos pelo vencedor do Oscar Adam McKay, que dirigiu filmes como "A Grande Proposta" (2015) e "Quase Irmãos" (2008). A trama acompanha a estudante de astronomia Kate Dibiasky (Jennifer Lawrence) e seu professor, Dr. Randall Mindy (Leonardo DiCaprio).

Os dois descobrem que um cometa está prestes a colidir com a Terra, mas ninguém parece se importar. Então, eles aceitam a missão de alertar a humanidade sobre o impacto da rocha e contam com a ajuda do Dr. Oglethorpe (Rob Morgan) para entrar no gabinete da presidente Orlean (Meryl Streep) e seu filho Jason (Jonah Hill).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos