Brasileiro que joga em time de cidade onde surgiu coronavírus se diz assutado e relata medo de colegas

Rafael Silva comemora gol pelo Wuhan Zall Foto: Visual China Group via Getty Images/Visual China Group via Getty Images

Por Fábio Paine

Já são mais de 20 mortos, pontos turísticos fechados, celebrações canceladas, viagens restritas e cidades das quais ninguém pode entrar ou sair. Estas são algumas das consequência causadas pelo coronavírus na China.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM
SIGA O YAHOO ESPORTES NO FLIPBOARD

Vírus este que teve como ponto de origem a cidade de Wuhan. E nesta cidade há um clube de futebol no qual estão presentes dois brasileiros. Léo Baptistão e Rafael Silva defendem o Wuhan Zall. Os dois não estão no município no momento, mas não param de receber ligações de gente preocupada.

Leia também:

Em entrevista ao Yahoo Esportes, Rafael, que no momento se encontra em Sevilha (ESP), afirmou que está assustado com tudo que está acontecendo na cidade à qual chegou em 2018.

"O time se apresentou neste ano para começar os treinos em Guangzhou antes de vir para a Espanha, onde eu já estou. Então esse ano não tive acesso a cidade de Wuhan, coisa de Deus mesmo. Mas claro que estou assustado pelo que está acontecendo", afirmou o jogador.

"Graças a Deus não tenho familiares que estão em Wuhan, mas me preocupo porque tenho amigos chineses que estão lá sem poder sair da cidade! Espero que isso se resolva logo", contou Rafael, de 27 anos.

Leo Baptistão é último jogador da direita, agachado. Foto: Visual China Group via Getty Images/Visual China Group via Getty Images

E é com estes amigos que o paulista revelado pelo Corinthians está se informando dos últimos desdobramentos no país.

"Falei com amigos que estão na cidade e me disseram que todos estão com medo de sair na rua, todos abalados. A vida tá bem complicada por lá", relatou. "Wuhan é uma cidade movimentadíssima com muitas pessoas em todos os lugares. costumo falar que o trânsito é igual a São Paulo", disse.

"Eu gostaria que eles (chineses) no geral fossem um pouco mais cuidadosos com as coisas pra que não venha aparecer mais nenhum tipo de problema como esse", disse.

A cidade de Wuhan, localizada na província de Hubei, tem uma população de pouco mais de 11 milhões de habitantes.

O time, o Wuhan Zall, foi fundado em 17 de fevereiro de 2009. Em 2019, acabou na sexta colocação da Liga Chinesa. A próxima temporada do campeonato está prevista para começar em 22 de fevereiro. Porém, com a epidemia há grandes possibilidades de o início ser adiado.

Eventos esportivos já foram cancelados e outros transferidos por causa da epidemia. O Pré-Olímpico de boxe que seria em Wuhan foi cancelado. O Pré-Olímpico de Futebol feminino passou de Wuhan Para Nanjing.

Na KHL (liga continental de hóquei controlada pela Rússia), o time Kunlun Red Star, de Pequim, foi proibido de mandar seus próximos jogos na China.

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter