Lei de 200 anos pode destruir história de amor na realeza europeia

Uma história de amor de conto de fadas entre uma princesa holandesa e um príncipe belga pode ser destruída por uma lei de 200 anos atrás.

De acordo com a imprensa local, o príncipe Gabriel da Bélgica, 18, filho do atual rei da Bélgica, Philippe, está namorando a princesa herdeira da Holanda, 17.

A princesa holandesa e o príncipe belga estão namorando. (Foto: Australscope / Newsflash)
A princesa holandesa e o príncipe belga estão namorando. (Foto: Australscope / Newsflash)

O veículo alemão Gala noticiou em primeira mão os boatos de que o príncipe e a princesa estavam apaixonados e iniciando um relacionamento.

A publicação disse que os dois se conheciam bem e se viam com frequência, em visitas acompanhadas pelos pais.

Ainda não houve uma confirmação oficial de nenhuma das famílias reais, mas outro veículo de mídia local, o HLN, lembrou que uma lei de 200 anos atrás poderia inviabilizar o futuro do relacionamento.

A lei de 24 de novembro de 1830 afirma que membros das famílias reais da Bélgica e da Holanda não podem se casar entre si.

Herman De Croo, ex-presidente do Parlamento Federal da Bélgica, explicou para o veículo: "Não podemos ignorar a lei, pois poderia abrir um precedente: se estamos revendo esse tópico, por que não fazer o mesmo com outro?"

"Na verdade é impossível manter essa lei, e seria mais humano adaptá-la. Hoje, temos uma boa relação com a família real da Holanda, boa parte de nossas diferenças ficou no passado. Mas, no papel, é o que diz a lei."

A princesa herdeira da Holanda, Amalia, com sua família. (Foto: Australscope / Newsflash)
A princesa herdeira da Holanda, Amalia, com sua família. (Foto: Australscope / Newsflash)

Essa questão veio a público quando a princesa japonesa Mako abdicou do título real depois de se casar com o namorado que conheceu na faculdade, um cidadão comum chamado Kei Komuro, no mês passado.

A Princesa Mako se tornará uma cidadã comum. Obedecendo à lei japonesa, vai abdicar da realeza e adotará o sobrenome do marido.

O casal vai se mudar para Nova York, onde Kei Komuro atua como advogado.