Lee 'Scratch' Perry, ícone do dub e do reggae, morre aos 85 anos

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Lee "Scratch" Perry, um dos principais ícones do reggae, morreu neste domingo (29), em um hospital da cidade jamaicana de Lucea, aos 85 anos. A causa da morte não foi divulgada.

O artista foi um dos grandes responsáveis por difundir o estilo musical nas décadas de 1960 e 1970 e foi pioneiro do dub, subgênero que mistura o reggae a elementos da música eletrônica.

Ele integrou a banda The Upsetters e, ao longo dos anos, trabalhou ao lado de nomes como Bob Marley, The Wailers e Beastie Boys.

Em 2003, Perry venceu o Grammy de melhor álbum de reggae por "Jamaican E.T.". No ano seguinte, foi eleito pela revista Rolling Stone como um dos cem maiores artistas musicais de todos os tempos. Sua primeira passagem pelo Brasil ocorreu em 2002, para shows solo.

Lee "Scratch" Perry também era artista plástico e integrava a lista de convidados da 34ª Bienal de São Paulo, que começa no sábado (4).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos