The Last of Us: Qual música toca no final do primeiro episódio? Entenda como será importante para o futuro da série

The Last of Us mal estreou e já é o mais novo fenômeno da HBO. Baseada no game homônimo da Sony, a série se passa em 2023, depois que uma infecção provocada pelo fungo Cordyceps dizima boa parte da humanidade e mergulha o mundo em um cenário pós-apocalíptico. Entre os sobreviventes estão Joel (Pedro Pascal), um homem de 56 anos, e Ellie (Bella Ramsey), uma garota de 14. Em meio a tantas informações e reviravoltas, será que você identificou a música que toca no final do primeiro episódio? E qual será sua importância para a trama?

Joel e sua atual namorada Tess (Anna Torv) aceitam a missão de levar Ellie para uma área segura a pedido da líder dos Vagalumes de Boston, Marlene (Merle Dandridge). Antes disso, porém, a misteriosa garota é trancada no quarto de Joel para que não tente fugir. No cômodo, há comidas, ferramentas e outras bugigangas espalhadas, além de um rádio e um livro sobre os maiores sucessos das paradas musicais da Billboard.

Ellie começa a folhear o almanaque enquanto Joel e Tess discutem os próximos passos do lado de fora. Ela se depara então com um pedaço de papel escondido entre as páginas. Nele estão as iniciais B/F e três números: 60, 70, 80 – os dois primeiros acompanhados de algumas palavras; o terceiro apenas com um X vermelho.

Nesse exato minuto, Joel entra no quarto, e Ellie aproveita para esclarecer o conteúdo do papel. “Quem são Bill e Frank?”, pergunta a menina, para a surpresa total do homem. “O rádio está transmitindo códigos, não está?”, ela continua. Joel não diz nada; apenas se levanta e toma o livro da mão dela.

Acontece que Ellie está certíssima. Ela já conseguiu desvendar as duas primeiras mensagens: a dos anos 60 é “Nothing in” (“Nada novo”, em português); a dos anos 70 é “New stock” (“Tem contrabando”). Falta a dos anos 80, que Joel, assim como ela, ainda não sabe do que se trata.

A resposta vem justamente no final do capítulo. Depois que Joel, Tess e Ellie saem da zona de quarentena, começa a tocar “Never Let Me Down Again”, música lançada pelo grupo inglês Depeche Mode em 1987. Faz parte do famoso álbum “Music For Masses”.

Mas o que isso significa? Se considerado que o rádio é a forma que Joel e seus amigos encontraram de se comunicar e trocar informações sobre contrabando, a escolha da última faixa quer dizer perigo. Provavelmente, Bill e Frank estão em apuros em algum lugar.

O sentido da mensagem é confirmado pela própria Ellie enquanto está no quarto com Joel. O homem tira uma soneca após ser interrogado por ela sobre o papel. Ao acordar, Ellie lhe diz que o rádio tocou “Wake Me Up Before You Go-Go”, lançada pela banda inglesa Wham! em 1984.

Joel fica visivelmente abalado, fazendo com que Ellie entenda que a mensagem dos anos 80 tem mesmo uma conotação negativa. “Anos 80 é problema. Desvendei o código”, provoca a garota.

Mas que tipo de problema aguarda Joel, Tess e Ellie? O trailer do próximo episódio dá um gostinho: os três terão que enfrentar seus primeiros clickers e, talvez, stalkers e bloaters.

Leia o artigo em AdoroCinema

"Quanto mais daddy eu ficar, melhor para todos": Pedro Pascal comenta sobre Joel em The Last of Us (Entrevista)

The Last of Us não é apenas uma série de zumbis: Fungo Cordyceps da história é "absolutamente real"

The Last of Us: Fãs estão chocados com cena de morte idêntica ao jogo; confira o vídeo de comparação

The Last of Us: Quem é Riley? Personagem citada no 1º episódio ainda vai aparecer na série da HBO

The Last of Us: Cena do primeiro episódio tem curiosa semelhança com jogo de terror aclamado