Larry King já consegue respirar sozinho após internação pela Covid-19

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O apresentador americano Larry King, 87, já respira sozinho, sem a ajuda de aparelhos, informa o site PageSix. Ele já até conversou em vídeo com os três filhos. King sofre com complicações da Covid-19. Ele havia deixado a UTI na véspera do Réveillon, de acordo com David Theall, porta-voz da Ora Media, uma produtora formada por King. King contraiu o novo coronavírus e está internado há mais de uma semana, segundo informa a CNN dos Estados Unidos. De acordo com a emissora de TV, ele está hospitalizado no Cedars-Sinai Medical Center, em Los Angeles, e não pode receber a visita dos três filhos por causa dos protocolos de saúde adotados para conter o avanço da Covid. King tem diabetes tipo 2, o que é considerado um fator de risco para a doença. Em 2017, o apresentador foi submetido a uma cirurgia para retirar um câncer de pulmão. Ele também já enfrentou problemas cardíacos. Em 2020, King perdeu dois dos seus cinco filhos em um intervalo de três semanas. Andy King, 65, morreu após um ataque cardíaco no final de julho. Semana depois, Chaia King, 52, morreu logo após ser diagnosticada com um câncer de pulmão. Ele apresentou por 25 anos o talk show Larry King Live, na CNN americana, em que entrevistava políticos, celebridades, atletas, estrelas de cinema e pessoas comuns. A atração acabou em 2010, mas ele continua ativo com o Larry King Now, programa disponível em plataformas de streaming.