Larissa e padre Fábio criticam amigo envolvido em caso de racismo

Rodrigo Branco, ex-diretor da Band e "prefeito de Orlando", é amigo de Larissa Manoela e padre Fábio de Melo (Foto: Reprodução/Instagram @brancorodrigo)

Larissa Manoela e o padre Fábio de Melo se posicionaram sobre as acusações contra Rodrigo Branco, o ex-diretor da Band e “prefeito de Orlando” que fez comentários com teor racista sobre Maju Coutinho e Thelma, do ‘BBB 20’. Em uma live, Branco questionou a presença das duas na TV: falou que a apresentadora é horrível e só está no ‘Jornal Hoje’ por causa da cor e chamou a médica do reality show de “negra coitada”.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no InstagramFacebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

A atriz da Globo, que está sempre acompanhada do empresário nos Estados Unidos, repudiou a fala do amigo. “Nenhuma pessoa preta merece passar por tamanho preconceito. Não dá para aceitar ofensa, diminuição, julgamento, demérito, injúria. Esse episódio me deixou estarrecida, indignada e, ao mesmo tempo, me senti enganada”, escreve em post no Instagram. Ela compartilhou um vídeo de Babu no ‘BBB 20’ falando sobre negritude para abordar o assunto.

Leia também

“Confesso que foi um choque enorme para mim e para os meus pais essa atitude ter vindo de uma pessoa que nós conhecemos e que, até então, não tinha tido esse comportamento insensato”, completa. Confira:

Assim como Larissa, Fábio de Melo também se manifestou compartilhando a fala didática de Babu no programa. “Sei que muitos estão sabendo do episódio de racismo que envolveu meu amigo Rodrigo Branco. A sua fala me estarreceu. (...) Rodrigo é um irmão que a vida me deu. Mas não assumo sua defesa. Não compactuo com o que ele disse. Mas não o abandono, pois sei que ele jamais me abandonaria. Eu estou muito triste com o acontecido”, declara.

Veja: