Larica e 'agressão' ao papa: o lado 'soltinho' de Maria Beltrão no É de Casa

Larica, agressão ao papa e mais: o lado soltinho de Maria Beltrão no
Larica, agressão ao papa e mais: o lado soltinho de Maria Beltrão no "É de Casa" (Foto: Globo/João Miguel Júnior)

Maria Beltrão ficou cerca de 25 anos entre o quadro de jornalistas da GloboNews, mas aceitou o desafio de mudar para o entretenimento em 2022 e comandar o semanal "É de Casa", da Globo, ao lado de Rita Batista, Thiago Oliveira e Thalita Morete.

E, desde que assumiu a função, tem mostrado o seu lado mais "soltinho" no programa. Neste sábado (7), enquanto falava sobre as receitas culinárias do dia, a apresentadora acabou trocando "pamonha" por "maconha" e divertiu espectadores.

"Gente, esse programa tá dando uma fome. Já falamos de maconha... De maconha! Olha só que horror! É que estão falando que eu estou com larica lá na internet. Que horror! Não é isso, não", brincou Beltrão após o ato falho. Confira:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Porém, esse não foi o único momento desconstraído da apresentadora, que aprendeu a tirar de letra os imprevistos do programa ao vivo. A seguir, relembre alguns episódios divertidos de Maria Beltrão no "É de Casa":

"Quem é boba?"

Antes mesmo de estrear no programa, a jornalista já mostrava o seu lado mais soltinho nas redes sociais. Em um deles, ela apareceu no cenário do "É de Casa", enquanto se preparava para apresentar a edição de estreia, e mostrou ser bem "gente como a gente" ao imitar um abridor de garrafa: "É tanta novidade que fic assustada que nem esse abridor de garrafa", brincou, caindo na gargalhada em seguida.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Estreia agitada

No programa de estreia, Beltrão se destacou no comando do programa com uma energia fora do comum, piadas não tão engraçadas e até dancinhas. "A meta é ter a felicidade da Maria Beltrão às 6h50 da manhã", brincou um internauta sobre a abertura do programa, na qual ela já fez uma rima: "Aqui Maria, na maior alegria, de estar em sua companhia".

Mais tarde, após o repórter esportivo Eric Faria fazer uma aparição para falar sobre a Copa do Mundo do Catar e a apresentadora descobrir que não seria permitido beber cerveja nos estádios, ela soltou: "Ah, vá se catar". Diante da reprovação dos colegas, que acharam a piada sem graça, ela explicou: "Trocadilho para ser bom tem que ser ruim".

Em outro momento, em um interação com a repórter Maria Cândida, a apresentadora ainda incentivou a colega a fazer uma dancinha ao vivo e as duas acabaram rebolando juntas no estúdio. "É a dancinha do 'É de Casa'", repetia a apresentadora. "Anitta que se cuide", brincou a repórter.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

'Uns tapas' no Papa

Foi no "É de Casa" que Beltrão se sentiu confortável para contar um momento vivido quando conheceu o papa Francisco, durante uma visita ao Vaticano. Segundo a apresentadora, ela teria ficado nervosa e acabou dando "uns tapas" no pontífice.

No programa, a jornalista contou que quis levar brigadeiros para o papa, uma tradição antiga sua, e a simpatia do religioso "quebrou" o seu nervosismo. Em seguida, ele fez uma piada, que acabou resultando nos "tapas":

"Ele me olhou com uma gravidade muito grande e disse que tinha uma dúvida. E eu apertando a mão dele, porque, quando estou nervosa, faço tudo errado. Até que o papa perguntou: 'cachaça é água?' E aí, dei uns tapas no papa e disse: 'Acho que é, Santo Padre, porque eu bebo bastante'", contou.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.