Lagum prepara festival próprio e se diz descontente com o rumo do país

·2 min de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após um longo período parada, devido à pandemia, a banda Lagum celebra o retorno aos shows, mas não quer se contentar apenas com isso. Além da agenda cheia, o quarteto prepara uma turnê internacional e a criação de um festival próprio. Mas, mais do que isso, quer se reconectar com os fãs, seja através da música, da troca de ideias, ou da indignação.

O vocalista Pedro Calais conta que, com o retorno aos palcos, é possível ver que o público está animado para aproveitar os shows, mas também se manifesta e mostra opiniões sobre os rumos que o Brasil tem tomado nos últimos anos, e é fundamental que os artistas falem deem esse espaço. "As coisas estão gritando na nossa cara que não dá para seguir assim mais", diz

"É importante ser reivindicado o que a galera quer e não, mas não adianta só falar. Nós como artistas temos um papel super importante de conversar", explica o músico, que ainda acrescenta que o movimento de celebridades incentivarem os jovens a tirarem o título de eleitor é essencial neste ano. "É um momento que pede mais consciência das pessoas mais jovens, e nós somos parte importante disso."

Mas se as reivindicações estão "quente, com tudo bombando", o cenário musical também está, dizem os músicos. "Na pandemia por muitos momentos faltou esperança e uma luz no fim do túnel, [mas agora] está sendo um renascimento muito forte", diz Jorge, guitarrista da banda, que prepara para 25 de junho seu primeiro festival de música.

Intitulado A Ilha, o projeto acontece no mês em que o grupo completa oito anos de estrada e receberá diversos artistas na Esplanada do Mineirão, em Belo Horizonte, reunindo vários ritmos musicais. "A galera tem aberto mais a cabeça de experimentar coisas novas. É uma consciência de todos os artistas nesse momento", explica o também guitarrista Zani.

Calais ressalta que a ideia do festival surgiu para mostrar a cultura e diversidade de Minas Gerais, estado onde o grupo se criou, além de ser uma oportunidade para "dar suporte para novas bandas e artistas crescerem". O evento já tem ingressos disponíveis para venda, e revelou o rapper FBC como primeira atração.

Para o futuro, a banda não revela muitos detalhes, mas diz que os fãs podem esperar novidades para o mês de maio e que estão animados para sua turnê na Europa, que já conta com apresentações em Portugal, nos dias 3 e 4 de junho, e na Inglaterra no dia 5 do mesmo mês. "E eu tenho o sonho de lançar um hit internacional, quem sabe neste ano ainda. Voltamos para a pista e voltamos quentes", diz Jorge.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos