Lagum entrega bastidores de banda, ficada com fãs e brigas: "Tem que ter treta"

A banda Lagum está com a agenda cheia com o sucesso do álbumMemórias (De Onde Eu Nunca Fui), lançado em 2021. Com turnês na Europa e participação em festivais como Lollapalooza e Rock in Rio, os integrantes Pedro Calais, Otavio Cardoso, Jorge e Zani Furtado passam boa parte do tempo juntos. Convidados do Yahoo Entrevista desta semana, os rapazes se divertiram ao abrir os bastidores da banda.

“Temos quem dorme mais, quem bagunça mais. Eu diria que Zani é o que bagunça mais, bebe, curte, zoa alegria. Chicão, Jorge são dorminhocos, esportistas. Os caras estão sempre malhando e preocupados com o tempo de sono. E eu transito bem, sabe? Tem dia que eu vou ser doideira. Tem dia que eu durmo”, revelou Pedro.

Questionados sobre divergências de opiniões dentro da banda nas questões de decisões profissionais,, Pedro não titubeou ao falar a realidade. “Tem treta né? Tem que ter, uai”, disse, deixando todos em silêncio e sorrisinhos.

“Tem treta, mas a gente trabalha muito, sempre pensa muito no respeito mútuo. Querendo ou não a gente passa muito tempo juntos, muito tempo na estrada e, se esse respeito, educação, essas coisas básicas faltarem, a gente começa a virar uma coisa que a gente não procura”, concluiu Chico. "Bom dia mesmo de péssimo humor, mas o bom dia existe."

Beija fã?

Muitos roqueiros se aproveitam dos benefícios de serem os ídolos de uma legião de fãs e não ligam de misturar o trabalho com amor. No entanto, Pedro diz que evita. "A gente é muito profissional na estrada, estamos para trabalhar, para cumprir o nosso serviço, para entregar o melhor show possível. É bom, tem muitas fãs bonitas, mas não tem nada a ver o cara está no palco e pegar geral. Acho que isso é até um abuso da profissão”, opinou Pedro.

“Mas depois que está tudo entregue, está tudo certo, não tem problema.”, discordou Zani. Pedro então recuou. “Mas eu mesmo beijo na boca de uma menina hoje em dia que colava nos nossos shows, quando a gente era pequenininho. Que fique claro, eu beijo regularmente na boca de uma garota, sem rótulos".

Mas os dois se elogiam quando o assunto é sucesso entre os fãs. Carismáticos e bonitos, os meninos são considerados crushes de muitos brasileiros. “Se você for na a estrada com a gente você vai ver o quanto o Zani faz sucesso. Esse rapaz é um sex symbol, rockstar na nova geração, ele está de cabelo preso, está acabado aqui, mas quando ele solta o cabelo ninguém segura", apontou Pedro. “Cara, ele tenta passar esse posto para mim, o cara é um galã, não tem como”, devolveu Zani.”

Sucesso no Brasil

Com dois prêmios Grupo do Ano (2020 e 2021), do Multishow, além de somarem quase 2,5 milhões de ouvintes mensais no Spotify, Lagum tem sido convocado para vários festivais, como Lollapalooza e João Rock. Eles tocaram na última sexta-feira (09) no palco Itaú, no Rock in Rio. "Esse é só o começo de muita coisa, de até oito anos de carreira e cada ano é surpreendente pra gente de uma maneira".

Assista a entrevista completa: