Lady Gaga pode usar Versace e atrizes devem apostar em cores fortes no Oscar, diz stylist

Redação Vida e Estilo
Lady Gaga (Foto: Steve Granitz/WireImage)
Lady Gaga (Foto: Steve Granitz/WireImage)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Vestidos bem volumosos, cores fortes e brilhantes e uma volta aos anos 1980. Essas são as principais tendências fashion já apresentadas na atual temporada de premiações do cinema e da TV e que devem aparecer neste domingo (24) no Oscar, segundo aponta Brad Goreski, stylist de celebridades e apresentador na TV americana.

Receba novidades sobre o mundo dos famosos (e muito mais) no seu Whatsapp

“Tem sido uma ótima e interessante temporada de prêmios até agora. Um dos grandes destaques é a ideia desses vestidos de baile volumosos, como o Valentino Haute Couture que Lady Gaga usou no Globo de Ouro”, disse ele em entrevista ao F5, da Folha de S.Paulo.

Goreski, que é um dos apresentadores da cobertura do tapete vermelho das premiações do canal E!, citou como outro exemplo o vestido Zac Posen usado por Ariana Grande na noite do Grammy – apesar de não ir à festa por divergências com os produtores, a cantora publicou fotos em seu Instagram como se estivesse pronta para a premiação. Para o stylist, a moda dos anos 1980 também está em alta, mas agora repaginada. “Tudo muito glamuroso e elegante”, afirmou Goreski.

Ombros em destaque e mangas bufantes, mas de uma forma mais fluída, são características desta tendência. Cores fortes e brilhantes são outra aposta de Goreski para o Oscar, no Teatro Dolby, em Los Angeles, a partir das 22h (horário de Brasília), com transmissão do tapete vermelho nos canais E! e TNT, e da premiação na Globo e TNT. “Eu espero que algumas atrizes assumam o risco e escolham usar cor elétrica e brilhante”, disse Goreski.

A atriz e cantora Lady Gaga, indicada ao prêmio de melhor atriz por sua atuação no filme “Nasce Uma Estrela”, é uma das presenças mais esperadas da noite. O palpite do stylist é que ela vai usar um modelo Versace, que tem como marca em seu DNA investir em estampas e cores elétricas. “Ela ainda não vestiu a grife em nenhuma premiação de destaque neste ano, e a Donatella [Versace, designer da marca] é uma amiga muito próxima dela”, diz stylist.

Brodeski acha que a atriz vai aparecer em uma “mistura perfeita” entre o visual extravagante de Lady Gaga e do filme ‘Nasce Uma Estrela’. “Ela tem essa facilidade de encontrar o equilíbrio perfeito entre sentir o show e estar entre as outras atrizes”.

Para o stylist, outras mulheres que devem se destacar no tapete vermelho do Oscar são as atrizes mexicanas Yalitza Aparicio e Marina de Tavira, ambas indicadas pelo filme “Roma”, além da americana Regina King, indicada por sua atuação no longa “Se a Rua Beale Falasse”. “Ela [Regina] tem feito ótimas escolhas nesta temporada. Costuma usar vestidos coloridos e glamurosos.” Goreski tem entre suas clientes celebridades como Jessica Alba e Demi Moore. Para ele, na hora de escolher um vestido para um evento importante, o critério mais importante é se sentir alegre. “Deve ser como a realização de um sonho. Por isso, a minha dica é: escolha o vestido que te faça mais feliz.”

Questionado sobre como vê nesta temporada o #MeToo, uma onda de denúncias de assédio sexual, que começou na indústria cinematográfica americana e depois se espalhou para outras áreas e países, Goreski disse que imagina que o movimento terá uma continuação e que espera que os artistas falem sobre o assunto. “A temporada de premiações é ótima para que as pessoas sejam ouvidas”, conclui.