Lady Gaga cantará Hino Nacional norte-americano na posse de Joe Biden

Guilherme Araujo
·1 minuto de leitura
Cantora também participou ativamente da campanha eleitoral, em 2020 (Foto: Getty Images)
Foto: Getty Images

Após os nomes de Justin Timberlake, Demi Lovato e Bon Jovi terem sido confirmados no quadro de atrações musicais da posse do 46º presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, a Variety anunciou nesta quinta-feira (14) que Lady Gaga será a responsável por um dos momentos mais importantes da cerimônia.

No próximo dia 20 de janeiro, a cantora sobe ao palco para interpretar o Hino Nacional norte-americano. A confirmação partiu do comitê oficial, que também anunciou a presença de Jennifer Lopez como representante da comunidade latina. Mais nomes, de acordo com a nota, devem ser revelados em breve.

Em 2016, enquanto dava um tempo da cena pop, Gaga fez uma aparição catártica na abertura do Super Bowl 50, ocasião em que também apresentou o Hino antes do início da partida. À ocasião, a artista recebeu uma série de elogios da imprensa.

O anúncio de que fará parte da posse de Joe Biden e da vice, Kamala Harris, não surte efeito de novidade, apesar de simbolizar um retorno de artistas de grande alcance às festividades políticas do país. Em 2016, na posse do então presidente Donald Trump, nomes expressivos da música recusaram convites pra tocar.

No ano passado, vislumbrando uma derrota republicana nas urnas, Gaga se uniu a um coro de artistas da música e da televisão a fim de declarar apoio aos candidatos democrata. A mother monster chegou a se discursar em um dos comícios da reta final, no dia 2 de novembro.

Ela e o presidente eleito também se uniram, em 2017, em uma campanha contra o abuso sexual. “Honrado de trabalhar com uma mulher corajosa, minha amiga Lady Gaga. Com sua liderança e ajuda, podemos mudar nossa cultura”, escreveu Biden à época.