L7nnon, Papatinho e MC Carol no Rock in Rio consagram o funk e o trap

RIO DE JANEIRO, RJ, BRASIL, 03-09-2022: Show de Papatinho, L7NNON e os convidados Hariel e MC Carol, no palco Sunset, durante o segundo dia do primeiro final de semana do festival Rock in Rio, no Parque Olímpido, na zona oeste do Rio de Janeiro. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)
RIO DE JANEIRO, RJ, BRASIL, 03-09-2022: Show de Papatinho, L7NNON e os convidados Hariel e MC Carol, no palco Sunset, durante o segundo dia do primeiro final de semana do festival Rock in Rio, no Parque Olímpido, na zona oeste do Rio de Janeiro. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Primeiro show do palco Sunset do segundo dia da nona edição do Rock in Rio, a apresentação de L7nnon, Papatinho, MC Hariel e MC Carol foi de plateia lotada e -mesmo a muitas horas antes do fim do dia- já se consagra como um dos melhores shows do evento.

Com clima festivo, a mistura de rap, trap e funk agitou o público, com hits marcantes da era atual e dos anos 2000.

O show começou depois de alguns minutos de falha técnica, na qual trechos da entrevista de L7nnon ao programa Conversa com Bial, da TV Globo, foram transmitidos com som estourado e dessincronizado. O problema, no entanto, em nada atrapalhou a apresentação que veio a seguir.

Depois de agitar público com "Que Rabão", de Anitta e MC Catra, "Onda Diferente", parceria da carioca com Ludmilla e Snoop Dogg, e trechos de "Vamos pra Gaiola", de Kevin O Chris, Papatinho convidou ao palco a dupla Cidinha e Doca, que cantou os hits "Rap da Felicidade" e "Rap das Armas".

Em seguida, o funk da dupla deu lugar ao trap de L7nnon, que chegou ao som de um de seus maiores sucessos, "Freio da Blazer".

O cantor também animou o público com outros hits seus, como "Ai Preto" e "Desenrola Bate Joga de Ladinho", parceria com os Hawaianos.

Com labaredas de fogo e fumaça, o funkeiro MC Hariel se juntou ao carioca e trouxe ao festival músicas como "Lei do Retorno", parceria com MC Don Juan, "Cracolândia" e "Maçã Verde".

Papatinho tocou também o famoso remix de "Ai Ai Ai", de Vanessa da Mata -canção que virou sinônimo de bebida alcoólica jogada para o alto.

Um dos auges do show foi a presença de MC Carol, que, mesmo com uma participação curta, incendiou o público com "Meu Namorado é Mó Otário" e "Ar Condicionado". A participação da funkeira contou ainda com uma orquestra.