López Obrador lança 'guia ético' contra a 'degradação da vida pública' no México

·1 minuto de leitura
O presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, antes do jantar de trabalho na Casa Branca, em 8 de julho de 2020, em Washington, D.C.

O presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, lançou nesta quinta-feira(26) um "guia ético", documento não obrigatório com o qual busca a "transformação" do país, para acabar com a corrupção e para que os cidadãos alcancem a "felicidade".

O chamado "guia ético para a transformação do México" foi elaborado por um grupo interdisciplinar e contém 20 pontos que expõem preceitos filosóficos, morais e espirituais.

"A crise no México não é apenas econômica, mas uma crise de perda de valores culturais, morais e espirituais", disse o presidente esquerdista em sua entrevista coletiva matinal.

Segundo López Obrador, o México enfrenta um “processo de degradação da vida pública” e este documento ajudará a revertê-lo.

López Obrador costuma fazer referências morais e religiosas em seus pronunciamentos, algo incomum na esfera política mexicana devido ao sistema laico do Estado.

Jesús Ramírez, porta-voz do presidente e que participou da elaboração do documento, disse que "não é uma lei", mas uma referência que pode ser seguida à vontade e sujeita ao debate.

Oito milhões de cópias foram impressas para distribuição entre mexicanos adultos "que, se desejarem, podem transmitir aos seus filhos e netos”, disse o presidente.

sem/rsr/jc