Kristen Stewart revela que foi orientada a esconder namorada para conseguir papel

Kristen Stewart revela que foi aconselhada a esconder namorada para conseguir papel em filme da Marvel (Foto: Reprodução/Instagram @bazaaruk)

Kristen Stewart é capa da edição de outubro da revista Harper's Bazaar britânica e a atriz relembrou em entrevista de quando foi aconselhada a reprimir sua sexualidade para conseguir papel em filmes.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

A orientação lamentável veio de uma pessoa da indústria cinematográfica. “Me disseram ‘se você fizer um favor a si mesma e não sair de mão dadas com a sua namorada em público, talvez você consiga fazer um filme da Marvel’. Não quero trabalhar com pessoas assim”, diz a estrela de 29 anos.

Leia também

Ela, que é protagonista do reboot de ‘As Panteras’, namora a roteirista Dylan Meyer e prefere não se definir como bissexual ou lésbica. Na verdade, a atriz prefere ficar longe dos rótulos. “Acho que estamos chegando a um lugar onde - não sei, a evolução é uma coisa estranha - todos estamos ficando incrivelmente ambíguos. E isso é lindo”, opina.

Kristen, que namorou o ator Robert Pattinson na época da saga ‘Crepúsculo’, afirma que se sente mais livre desde quando abriu o jogo sobre a sua sexualidade - tanto para ajudar outras pessoas quanto para ser ela mesma.

“Acho que só queria aproveitar a minha vida e fez com que eu a protegesse demais. Mas, ao protegê-la, estava a arruinando. Tipo... Você não pode sair com quem você está? Você não pode falar sobre isso em uma entrevista?”, explica. A atriz se empoderou e, hoje, não liga se as suas escolhas pessoais afetam a sua profissão.

“Fui orientada por uma mentalidade antiga que é: você quer preservar sua carreira, seu sucesso e sua produtividade. E existem pessoas no mundo que não gostam de você, não gostam que você namore garotas e não gostam que você se identifique como ‘lésbica’. Mas você também não se identifica como ‘heterossexual’. E as pessoas gostam de saber das coisas, então quem é você?”, conta. “A vida é uma grande competição de popularidade”, finaliza.