Kremlin acusa Ocidente de manipular Ucrânia e tentar erradicar cultura russa

A Rússia está 'quase' em guerra com os aliados da Ucrânia credit:Bang Showbiz
A Rússia está 'quase' em guerra com os aliados da Ucrânia credit:Bang Showbiz

O Kremlin acusou o Ocidente de manipular a Ucrânia com o objetivo de erradicar a cultura russa.

O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, fez uma declaração preocupante em uma visita à África do Sul.

Lavrov disse acreditar que o Ocidente já planeja erradicar a "língua" e a "cultura" russas há décadas, e que a guerra na Ucrânia é a desculpa ideal que os países encontraram para colocar o suposto complô em prática.

"Quando falamos sobre o que está acontecendo na Ucrânia - é uma guerra, não híbrida, quase uma guerra real, que o Ocidente planeja há muito tempo contra a Rússia", disse ele em uma coletiva de imprensa.

"O objetivo é destruir tudo o que é russo, da língua à cultura, que estão na Ucrânia há séculos e proibir as pessoas de falarem seu idioma materno", continuou.

Lavrov afirmou que Moscou queria negociar com Kyiv nas primeiras semanas do conflito, mas foi impedido pelos aliados ocidentais da Ucrânia.

"É sabido que apoiamos a proposta do lado ucraniano de negociar no início da operação militar especial e, no final de março, as duas delegações concordaram com o princípio de resolver este conflito", disse Lavarov. "É bem conhecido e foi publicado abertamente que nossos colegas americanos, britânicos e alguns europeus disseram à Ucrânia que é muito cedo para negociar, e o acordo que quase foi firmado nunca foi revisitado pelo regime de Kyiv".