Klara Castanho: Conselho de Enfermagem encerra investigação sem achar culpados

Conselho de Enfermagem encerra investigações do caso Klara Castanho sem achar possível responsável pelo vazamento de informações da atriz - Instagram, @klarafgcastanho/@lauracampanellas
Conselho de Enfermagem encerra investigações do caso Klara Castanho sem achar possível responsável pelo vazamento de informações da atriz - Instagram, @klarafgcastanho/@lauracampanellas

O caso da atriz Klara Castanho ganhou novas atualizações. O Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (Coren-SP) revelou que encerrou as investigações para descobrir o possível profissional que teria sido responsável por vazar informações sigilosas sobre a menina. A apuração não levou a nenhum culpado, ainda que a Polícia e a Justiça sigam investigando.

Klara Castanho foi vítima de um estupro e acabou dando o bebê concebido para adoção. Tempos depois, o caso foi exposto na mídia, colocando-a no centro de uma grande polêmica. Na última quinta-feira (5), foi descoberto que o Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (Coren-SP), encerrou as investigações para achar o possível profissional da área que teria sido responsável por vazar as informações sobre a atriz.

De acordo com a colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, o processo de sindicância que buscava descobrir quem teria cometido a possível infração ética foi arquivado. Em nota, o órgão explicou que "seguiu todos os ritos processuais, solicitou documentos à instituição hospitalar e convocou os profissionais do plantão à época do fato denunciado, porém não constatou a participação de nenhum profissional de enfermagem em relação ao vazamento de quaisquer informações sigilosas de pacientes".

Klara Castanho não teria procurado Conselho de Enfermagem

O Coren-SP alega que "não recebeu denúncia por parte da atriz quanto ao tema". A assessoria de Klara, por sua vez, entende que "todas as medidas judiciais fundamentais foram tomadas pela equipe jurídica da atriz, para que os envolvidos sejam investigados e respondam por seus atos", como reforçou a coluna.

A Polícia e a Justiça seguem investigando o caso, mantendo todas as informações sob sigilo.

Leia +


Leia +

"BBB23": saiba possível data para revelação de participantes
Anitta homenageia mulheres inspiradoras em pré-Carnaval. Fotos dos looks!
Terroristas ou manifestantes? Os limites da democracia nos ataques golpistas