'Game of Thrones': Kit Harington considera fãs culpados por celebrarem Daenerys

(Imagem: divulgação HBO)

Parece que a intenção da equipe de ‘Game or Thrones’ era mesmo dar um nó na cabeça dos fãs ao final da série. De acordo com uma declaração de Kit Harington, o ator responsável por interpretar Jon Snow, a parte do público que viu Daenerys o tempo todo apenas como uma heroína também foi cúmplice de seus atos extremistas.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

“Se você observar sua história desde o início, ela faz algumas coisas terríveis”, declarou, falando sobre a personagem vivida por Emilia Clarke, em entrevista à Entertainment Weekly. “Ela crucifica as pessoas. Ela queima as pessoas vivas. Isso foi construído. Então precisamos dizer à audiência: ‘você está em negação sobre essa mulher também. Você sabia que algo estava errado. Você tem culpa, você a celebrou”.

Assim, fica clara a intenção de diretores e roteiristas em fazerem uma parábola sobre os perigos de seguir uma liderança mais inclinada à violência do que ao diálogo, algo que foi reiterado diversas vezes durante o desfecho.

Também falando à publicação, Emilia disse ter ficado primeiramente chocada com o destino escolhido para Daenerys, mas que depois pensou melhor e viu que a decisão fazia sentido.

"Depois de 10 anos trabalhando em 'Thrones', parece o final lógico dela”, concluiu. “O que mais ela poderia fazer? Eu tentei pensar em outro final. Ela vai simplesmente desistir e dizer: 'Ok, vou fazer um chá e colocar uns biscoitos no forno?'. Isso nunca aconteceria, ela é uma Targaryen!".

Nem todo fã pensa assim. Uma petição para que a última temporada seja reescrita pela HBO já conta com quase 1,5 milhão de assinaturas, mesmo sendo algo sem a menor possibilidade de acontecer.

Para quem ainda não se conformou, talvez valha o conselho que a atriz Gwendoline Christie (a Brienne) deu antes dos episódios finais estrearem: “Vocês vão precisar de terapia”, disse ao canal E!, em abril.