Kim Kataguiri associa série Round 6 a socialismo e é criticado nas redes sociais

·1 minuto de leitura
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 16.10.2018 - O deputado federal eleito Kim Kataguiri (DEM-SP), . (Foto: Karime Xavier/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 16.10.2018 - O deputado federal eleito Kim Kataguiri (DEM-SP), . (Foto: Karime Xavier/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O deputado Kim Kataguiri (DEM-SP) está sendo criticado e acusado nas redes sociais de desonestidade intelectual e de divulgar fake news após fazer um post associando a série sul-coreana Round 6, da Netflix, ao regime socialista.

A produção, que caminha para ser a mais vista da história da Netflix, aborda o totalitarismo autoritário, mas tem como tema central a crítica ao capitalismo selvagem.

Algumas pessoas disseram que Kataguiri estaria novamente divulgando fake news, assim como havia feito ao postar um vídeo em 2019 no qual afirmava que Karl Marx teria “percebido seus erros” ao "presenciar a 1ª Guerra Mundial" (1914-1918), sendo que o filósofo morreu em 1883. O deputado apagou o vídeo.

Em Round 6, 456 pessoas endividadas e marginalizadas que vivem na Coreia do Sul, um país capitalista, caem na promessa de conseguir dinheiro participando de um jogo que tem como prêmio cerca de R$ 200 milhões. Porém, durante a competição os participantes descobrem que aqueles que erram são literalmente eliminados, pagando com a própria vida em cenas sangrentas. Eles são estimulados a competirem entre si para conseguirem sair de lá com mais dinheiro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos