Kim Kardashian pode ter lúpus e artrite reumatoide; entenda

Redação


Kim Kardashian revelou no domingo, 8, durante o reality show Keepin' Up With The Kardashians, que foi diagnosticada recentemente com os anticorpos associados ao lúpus e à artrite reumatoide.

O resultado veio após a empresária fazer um exame de sangue para entender o porquê das náuseas, mãos inchadas e cansaço frequente que vem sentindo nos últimos dias.

O lúpus atinge qualquer parte do corpo, na qual o sistema imunológico entra em 'pane' e começa a ver as células como inimigas, em vez de ter vírus e bactérias como inimigos. Assim, a quantidade de leucócitos, 'soldados' de defesa presentes em todo o organismo, cresce a níveis exagerados. E esse novo 'exército' passa a atacar quem ele deveria defender.

A artrite reumatoide, por sua vez, é autoimune, crônica e afeta as articulações, principalmente das mãos e dos pés. Com incidência maior em mulheres, tende a se manifestar entre os 30 e os 50 anos de idade.

Apesar de graves e incuráveis, ambos os problemas podem ser equilibrados por acompanhamento médico. Mas vale ressaltar que o exame obtido pela empresária não quer dizer necessariamente que ela sofre com isso, mas que tem propensão.

“O médico explicou que pode haver falsos positivos em exames de sangue. Então ele quer que eu faça ultrassons nas mãos e nas articulações para determinar o que está acontecendo comigo", explicou Kim Kardashian.

Preocupada com a sua saúde, a socialite chorou durante o programa e desabafou. "Isso realmente entra na sua cabeça e você pensa nas piores coisas possíveis que podem acontecer. Então, pelos próximos dias, será realmente um inferno viver, imaginando o que tenho, o que está acontecendo e como consertar isso”, lamentou.

VEJA TAMBÉM: Artistas que têm doenças raras ou incuráveis

Veja os artistas que têm doenças raras ou incuráveis Conhecidos possuem moléstias que já os tiraram dos palcos, causaram acidentes e despertaram o medo de falecer. MM_AG_PT_ASSET_GROUP_38556 Claudia Rodrigues

A atriz e comediante, que chegou ao auge da carreira em 2004 com a série A Diarista, sofre de esclerose múltipla há 18 anos. A doença é degenerativa e acontece quando o sistema imunológico começa a destruir a cobertura que protege os nervos. Assim, Claudia começou a sentir os efeitos mais fortes de sua condição se manifestando com mais força em 2010, quando percebeu que não dava mais conta de atuar. Em agosto deste ano, ela anunciou que planeja retornar à TV, após se afastar para tratamento. 

Reprodução de 'Superpop' (2018) / RedeTV! MM_AG_PT_ASSET_938285 Ana Beatriz Nogueira

A atriz foi diagnosticada com esclerose múltipla em 2009, quando atuava na novela Caminho das Índias. À época, ela enfrentou o primeiro surto enquanto assistia a um filme: sua visão ficou duplicada por 15 dias. Em fevereiro deste ano, Ana Beatriz demonstrou otimismo e força no programa Encontro, de Fátima Bernardes, ao declarar que seu trabalho artístico lhe faz bem diante da doença e pretende trabalhar até ficar idosa. 

João Miguel Junior / Globo / Divulgação MM_AG_PT_ASSET_938278